Notícia

A Crítica (AM)

Oela recebe prêmio da Ford

Publicado em 19 dezembro 2009

A Ford anunciou semana passada, os vencedores do "14° Prêmio Ford de Conservação Ambiental", que este ano teve uma das disputas mais concorridas,, com 192 inscritos em cinco categorias. Considerado um dos reconhecimentos mais importantes da área, desde 1996 ele incentiva o trabalho de pessoas e instituições dedicadas à preservação e ao desenvolvimento sustentável no Brasil.

Os vencedores são: o entomólogo Vitor Becker (Conquista Individual), IPÊ - Instituto de Pesquisas Ecológicas (Negócios em Conservação), Oficina Escola de Lutheria da Amazônia (Meio Ambiente nas Escolas), Programa Biota/Fapesp - Instituto Virtual da Biodiversidade (Ciência e Formação de Recursos Humanos); e Elring Kliger (Fornecedor). O troféu e o prêmio de R$20 mil a cada participante serão entregues durante a solenidade que será realizada em Salvador, com exceção à categoria Fornecedor, que recebe uma homenagem e também o troféu da montadora.

"Preservar o meio ambiente é um desafio de toda a sociedade. O Prêmio Ford de Conservação Ambiental nasceu dentro dessa visão e tem cumprido o seu papel de promover o trabalho feito em diferentes áreas", diz Rogelio Golfarb, diretor de Comunicação e Assuntos Governamentais da Ford para a América do Sul.

Em suas quatorze edições, p prêmio já destacou 65 personalidades e entidades e reuniu ...mais de 1.800 projetos inscritos que formam um inventário abrangente do trabalho ambiental no país. Conheça, a seguir, o trabalho dos premiados.

Victor Becker

Com uma história de vida voltada ao meio ambiente e à biodiversidade, o entomólogo Victor Becker foi o vencedor da categoria Conquista Individual. Apaixonado pela natureza, trabalhou em diversas instituições internacionais e mantém uma reserva particular para proteger uma porção significativa de Mata Atlântica, sem interesse financeiro e com recursos próprios.

Entre suas obras destacam-se a segunda maior coleção de mariposas e borboletas neotropicais, uma biblioteca particular sobre Lepidóptera com mais de 5.000 títulos, um centro de pesquisas aberto para a comunidade científica e a criação da organização não-governamental Instituto Uiraçu (IU). Mesmo aposentado, não parou de trabalhar e ainda envolve a família em seus trabalhos, ensinando a importância da conservação do meio ambiente.

O IPÊ - Instituto de Pesquisas

Ecológicas, vencedor da categoria Negócios em Conservação, destaca-se como um empreendi-mento-modelo voltado à sustentabilidade. Seu objetivo principal é gerar alternativas de renda para as comunidades residentes nos locais onde atua, em parceria com a iniciativa privada.

Projeto inovador, conta com pessoas capacitadas e oferece diversos cursos altamente conceituados. Assim, tornou-se um grande prestador de serviços tanto para empresas como para a comunidade, organizações não-governamentais e sociais, fazendo da sustentabilidade o seu negócio.

OELA

A Oficina Escola de Lutheria da Amazônia (Oela), vencedora na categoria Meio Ambiente nas Escolas, capacita jovens para a produção de instrumentos musicais, junto com o manejo sustentável de madeiras da Amazônia. Desse modo, contribui para o desenvolvimento social e individual do cidadão.

O trabalho da Oela é pautado por valores éticos, sociais e ambientais. Ela utiliza as artes da luthieria e da marchetaria para ajudar os alunos a estruturar a sua personalidade não só como profissionais, mas principalmente como cidadãos, unido o desenvolvimento intelectual com o humano e o social.