Notícia

Planeta Universitário

Óculos eletrônicos

Publicado em 25 março 2011


Uma boa notícia para quem usa óculos multifocais, aqueles com lentes de graduação progressiva para enxergar perto e longe, indicados principalmente para pessoas com mais de 40 anos que sofrem de presbiopia, a famosa vista cansada. A empresa norte-americana Pixel Optics inventou um modelo de óculos eletrônicos feitos com lentes de cristal líquido, mesmo material usado em telas de computadores e câmeras fotográficas, que, na aparência, se assemelham aos óculos convencionais, mas sem a graduação multifocal.A novidade é um circuito eletrônico miniaturizado inserido na armação, com microbaterias, capaz de mudar a orientação das moléculas de cristal líquido a partir da detecção do movimento dos olhos e, assim, ajustar o tipo de lente para cada momento, longe ou perto, em frações de segundo. O modelo será lançado nos Estados Unidos ainda no primeiro semestre ao custo de até US$ 1.200.

Revista Pesquisa FAPESP