Notícia

MSN

Obesidade eleva risco de Covid-19 grave, independente de idade e doenças

Publicado em 04 setembro 2020

Por Karina Toledo, da Agência Fapesp*

Revisão de estudos coloca a obesidade como fator de risco para complicações do coronavírus, mesmo na ausência de outras condições. Entenda o porquê

A probabilidade de uma pessoa com obesidade desenvolver a forma grave da Covid-19 é alta, independentemente da idade, do sexo, da etnia e da existência de comorbidades como diabetes, hipertensão, doença cardíaca ou pulmonar. É o que afirmam pesquisadores brasileiros em uma revisão sistemática de pesquisas publicada na revista Obesity Research & Clinical Practice.

O artigo incluiu dados de nove estudos clínicos, que juntos relatam a evolução de 6 577 pacientes infectados pelo coronavírus (Sars-CoV-2) em cinco países. Os autores concluíram que a obesidade em si é um fator que favorece a progressão rápida da doença e aumenta significativamente o risco de internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e morte. A pesquisa foi apoiada pela FAPESP.

“Vários fatores contribuem para o agravamento da infecção no organismo obeso. Um é a capacidade limitada de produzir interferons [proteínas secretadas por células de defesa que inibem a replicação viral] e anticorpos. Além disso, o tecido adiposo funciona como um reservatório para o vírus, mantendo-o mais tempo no organismo”, explica Silvia Sales-Peres, professora da Universidade de São Paulo (USP) em Bauru e coordenadora do estudo.

A carga viral potencialmente maior não é, segundo a pesquisadora, o único problema dos pacientes com índice de massa corporal (IMC) elevado. Estudos recentes indicam que a inflamação crônica de baixo grau típica da obesidade – causada pelo aumento excessivo das células adiposas – faz com que a tempestade de citocinas inflamatórias desencadeada pelo Sars-CoV-2 seja ainda mais lesiva ao pulmão.

“Os obesos também costumam apresentar a função respiratória prejudicada, porque a gordura comprime o diafragma e impede a movimentação normal do órgão. Há diversos fatores concorrentes que tornam esses pacientes mais predispostos a depender de ventilação mecânica e outros cuidados intensivos caso contraiam a Covid-19. Nos estudos que analisamos, 9,4% dos pacientes com obesidade internados em UTI evoluíram para óbito”, conta Silvia.

Reconhecido como o padrão internacional para diagnóstico de desnutrição e obesidade, o IMC é calculado dividindo o peso (em quilos) do paciente pela altura ao quadrado (em metros). De modo geral, para adultos, resultados a partir de 25 são interpretados como sobrepeso – caso de quase 60% dos brasileiros, segundo dados do Ministério da Saúde. Valores de IMC iguais ou maiores do que 30 são classificados como obesidade, algo observado em aproximadamente 20% da população do país. Os percentuais foram mensurados por meio da pesquisa Vigitel.

“Indivíduos com sobrepeso já podem apresentar alteração na produção de anticorpos e algum grau de inflamação crônica que favorecem a progressão da doença. Nossa análise mostrou também que o risco associado à obesidade se torna ainda maior caso o indivíduo seja fumante ou tenha comorbidades como diabetes, hipertensão ou doença pulmonar”, comenta Silvia.

De acordo com a pesquisadora, estudos como este são importantes tanto para alertar os pacientes sobre a necessidade de se proteger contra o vírus como para ajudar o serviço público a se preparar para a potencial demanda por cuidado intensivo.

“Quando começamos a pesquisa, em abril, ainda não estava tão claro que a obesidade seria considerada um fator de risco importante para a Covid-19”, recorda a pesquisadora. Ela defende a necessidade de políticas públicas de saúde voltadas a promover uma abordagem integrada e intersetorial da obesidade, com caráter regulatório e fiscal: “Deve haver uma mobilização transformadora para incentivar a realização de atividades físicas ao ar livre e hábitos alimentares saudáveis desde a infância, coordenada nos diferentes níveis de governo”.

Este conteúdo é da Agência Fapesp.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
CNN (Brasil) Portal R7 G1 UOL Jovem Pan Portal R7 O Globo online O Globo Yahoo! Folha.com Folha de S. Paulo O Globo online Programa InfoSalud (Argentina) Jornal Integração Visão Regional Folha Vitória online Dom Total Piauí Noticias NewsLab online Vale São Patrício Galileu online Saber Atualizado Revista Amazônia Planeta online APM- Associação Paulista de Medicina Blog Saúde e Dicas Blog A Crítica Diário de Goiás Head Topics (Reino Unido) Visão Cidade Resende News Jornal Floripa Litoral Hoje Diário da Notícia Alagoas 24 Horas Coluna Supinando Portal da Enfermagem Jornal Joseense News Jornal Startup Juruá Online Jornal Folha da Terra (Itupeva, SP) online Folha Nobre Paraíba Notícia Antena 1 Jornal da Orla online Portal do Governo do Estado de São Paulo Região Noroeste Jornal da Franca Noticias RTV (Espanha) El Debate (México) online Veja Saúde online Correio Independente Secretaria da Educação do Estado de São Paulo Universo Racionalista ClickNews 2A+ Farma Nuttrisaude Noticias 24 VLA (Venezuela) Panorama (Venezuela) Tudo Ok Notícias Jornal Primeira Página online Pfarma Saúde & Vitalidade Notícias do Dia Paranashop Por Dentro do Coronavírus Jornal da USP online O Vale online Blog do BG Blog do Carlos Costa (Angicos, RN) Blog do Elvis Bezerra Nova Cruz Oficial Blog Tangará Acontece O Sul online O Sul online Jefte News A Tribuna (ES) online O Sul Noticias RTV (Espanha) Veja Saúde online Ipu Notícias