Notícia

Diário do Povo

O jornalismo pode ser um grande aliado para o ensino da ciência

Publicado em 31 julho 2002

O presidente da Fapesp (Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo), Carlos Vogt, afirmou ontem, durante sua conferência no 1° Seminário Nacional O Professor e a Leitura do Jornal, que as revistas científicas podem ser um instrumento pedagógico porque elas têm um componente lúdico, de brincadeira, que atrai muito os jovens. Os eventos, que está sendo realizado no Teatro Castram Mendes, em Campinas, é organizado pelo Departamento de Educação da RAC (Rede Anhanguera de Comunicação) - publicadora dos jornais Correio Popular e Diário do Povo e mantenedora do portal Cosmo On Line - em parceria com a Cooperativa Educacional Acorde, Unicamp (Universidade de Campinas) e Prefeitura Municipal de Campinas. Durante a conferência, o professor Vogt fez um panorama da divulgação científica no Brasil e retomou aspectos históricos. Um dos nomes mais importantes da divulgação no Brasil é o do pesquisador e jornalista. José Reis. que morreu recentemente. Reis foi fundador da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) editor da revista Ciência e Cultura, que é o órgão oficial da entidade até hoje. A revista, que também foi criada por José Reis em 1949, é trimestral e tem tiragem de 20 m il exemplares. Outro marco importante da divulgação cientifica brasileira foi a criação da revista Ciência Hoje, em 1982. "Atualmente há várias revistas de divulgação cientifica, o que comprova o interesso da sociedade", disse. Recentemente, a Fapesp também lançou sua revista científica. Pesquisa Fapesp. O Laboratório de Estudos Avançados de Jornalismo (Labjor), da Unicamp, também criou, desde 1999, uma revista cientifica eletrônica, Com Ciência, com acesso livre pela Internet. Na seqüência do evento, foi realizada a mesa-redonda O jornal e a escola: programas e projetos, com a participação da coordenadora do Departamento de Educação da RAC. Cecília Pavani; da coordenadora do Comitê de Leitura e Circulação da Associação Nacional dos Jornais (ANJ). Aparecida (Borelli e da professora Angela Kleiman, do Instituto de Estudos da Linguagem GEL), da Unicamp.