Notícia

DCI online

Nutrição infantil pode ser avaliada por software

Publicado em 16 dezembro 2011

São paulo - Pesquisadores da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP-USP) desenvolveram um software capaz de aproximar a epidemologia nutricional e a tecnologia da informação, visando auxiliar na coleta e transmissão de bancos de dados.

Essa é a proposta do software Sistema para o Monitoramento da Saúde e Nutrição Escolar (Nutrisim). O projeto foi intitulado de "Desenvolvimento e avaliação da usabilidade de um instrumento computadorizado para avaliação e monitoramento da saúde e estado nutricional do escolar", e contou com o apoio da Fapesp na modalidade Auxílio à Pesquisa - Regular.

Coordenado pela professora Betzabeth Slater Villar, da FSP-USP, a iniciativa tem como objetivo criar uma ferramenta destinada a pesquisadores da área da epidemiologia nutricional e da saúde. De acordo com a professora, o desenvolvimento do software surgiu da necessidade de avaliar o consumo alimentar em crianças, principalmente, entre 5 e 10 anos.

"Avaliar o consumo nessa faixa etária é muito difícil, pois as crianças estão em pleno desenvolvimento cognitivo e a memória é o que mais atrapalha a avaliação do consumo alimentar. Elas não respondem corretamente porque não se lembram ou não têm uma imagem construída do que comeram", disse Villar à Agência Fapesp.

Villar explica que o estudo para o desenvolvimento e a usabilidade do software envolveu testes com 200 crianças, da 5ª a 8ª série do ensino fundamental - de 7 a 15 anos - de duas escolas da rede pública de Guarulhos (SP). O Nutrisim pode ser acessado por toda a comunidade científica através do site: www.fsp.usp.br/nutrisim.