Notícia

Jornal da Tarde

Número de domínios na Internet dobra em seis meses

Publicado em 06 junho 2000

Por Miriam Kênia
País já tem 257 mil endereços eletrônicos e Comitê Gestor da Internet prevê que total de registros chegue a 400 mil até o fim do ano. O número de domínios (nomes dos endereços eletrônicos) na Internet brasileira aumentou quase 100% neste semestre, passando de 130 mil em janeiro para 257 mil registros em junho. O crescimento superou as expectativas do Comitê Gestor da Internet, órgão do Ministério da Ciência e Tecnologia. "Esperávamos que fosse dobrar só no fim do ano", disse Demi Getschko, integrante do comitê. Diante do crescimento explosivo, o comitê refez os cálculos e prevê que o numero de domínios cheguea400milatéofimdoano. Segundo ele, a Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (Fapesp), órgão responsável pela liberação do registro, recebe em média mil processos por dia. A Fapesp trabalha com dois tipos de classificação. a primeira reúne empresas, órgãos governamentais e organizações identificadas pelas terminações .com, .org, .gov - e representa . 96,7% dos domínios. Na segunda categoria, estão pessoas físicas, profissionais liberais e universidades, que podem usar as três primeiras letras da profissão ou apenas o nome próprio seguido da sigla 'br' no domínio. "As pessoas não estão preocupadas em apenas garantir nomes para um negócio no futuro", afirmou Getschko. "Estão registrando e usando mesmo os serviços." Pesquisa da Fapesp, que cobra taxa de R$ 50 por ano para manter o registro do nome eletrônico, mostra que 92,4% dos domínios estão em funcionamento. DISPUTA JUDICIAL O presidente da incubadora de Internet Idéia. Com, Bob Wollheim, disse que número de domínios é um indicador do crescimento da Internet, mas apenas um bom nome não garante o sucesso do negócio. "É um detalhe que pode ser facilmente substituído por outro nome disponível." Por isso, ele acha desnecessária a disputa de domínios na Justiça.