Notícia

Jornal da USP online

Novo site apresenta projetos de pesquisa na área da primeira infância

Publicado em 13 julho 2021

Por Redação

Com participação de pesquisadores da USP, novo Centro Brasileiro de Pesquisa Aplicada à Primeira Infância busca dar base às políticas públicas para crianças de zero a seis anos

O Centro Brasileiro de Pesquisa Aplicada à Primeira Infância (CPAPI), criado no mês de fevereiro deste ano com a missão de fomentar pesquisas que sirvam de base para políticas públicas para a primeira infância, lançou um novo site institucional para divulgar informações sobre os projetos de pesquisa do centro, além dos pesquisadores envolvidos, frentes de atuação e citações na mídia.

Fruto da parceria entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) com a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, o centro está sediado no Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), em São Paulo. Ele agrega oito organizações e dos 18 pesquisadores participantes, 12 são da USP. Com as pesquisas, eles esperam influenciar o poder público na formulação de políticas baseadas em evidências científicas para promover o desenvolvimento sadio e pleno das crianças de zero a seis anos de idade.

As últimas atividades e novidades do CPAPI também podem ser conferidas por meio das redes sociais, como LinkedIn e Twitter. Além disso, é possível entrar em contato com os pesquisadores pelo e-mail contato@cpapi.org.br.

Ainda com o objetivo de disseminar as últimas evidências científicas produzidas sobre a primeira infância, no Brasil e no exterior, o CPAPI lançou recentemente um informe quinzenal, produzido a partir de uma curadoria de notícias, artigos científicos e outros materiais, como podcasts e workshops.

O material busca traduzir os conhecimentos gerados pelo centro a vários públicos, incluindo pesquisadores, profissionais atuantes na área, professores, responsáveis legais e demais interessados.

Os pesquisadores da USP que participam do novo centro são: Anna Maria Chiesa (EE-USP), Daniel Domingues dos Santos (FEA-RP/USP), Helena Brentani (FMUSP), Maria Beatriz Martins Linhares (FMRP-USP), Naercio Menezes Filho (Insper e FEA-USP) e Rogerio Lerner (IP-USP). Além destes, os pesquisadores associados: Alicia Matijasevich Manitto (UFPel e FMUSP), Débora Falleiros de Mello (EERP-USP), Eurípedes Constantino Miguel Filho (FMUSP), Guilherme Polanczyk (FMUSP) e Luiz Guilherme Dácar da Silva Scorzafave (FEA-RP/USP).

Para receber os informes, basta acessar o site do CPAPI e preencher o formulário.

Texto adaptado da Agência Fapesp

 

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Brasil Amazônia Agora Plantão News (MT) Quimiweb