Notícia

O Estado de S. Paulo

Novo plástico pode mudar microeletrônica

Publicado em 23 outubro 2001

Por LAURA KNAPP
As instruções na lata de tinta poderiam ser: pinte a parede. Depois de seca, conecte o eletrodo. Pronto, você terá uma parede não só pintada, como uma superfície que, como uma lâmpada, pode iluminar a sala inteira. Parece ficção científica? Essa tinta ainda não existe no mercado, mas é uma das revoluções prometidas pelos polímeros condutores ou semicondutores, plásticos com capacidade para conduzir eletricidade. Normalmente isolantes, os plásticos passam por uma do-m química, um processo de tratamento chamado de [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.