Notícia

CBDL - Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial

Novo método de baixo custo para o diagnóstico de tumores cerebrais em crianças

Publicado em 25 outubro 2019

Pesquisadores do Laboratório de Pediatria da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP propuseram uma nova tecnologia diagnóstica para a detecção de tumores cerebrais em crianças a um baixo custo.

A plataforma, desenvolvida pela startup Neogenys, sugere um método acessível a países em desenvolvimento.

De acordo com a pesquisa, a abordagem molecular, já usada em países desenvolvidos, é eficiente para definir o tipo e o subtipo do tumor e pode indicar um melhor tratamento (o tumor maligno do sistema nervoso central, comum em crianças, pode requerer diversas terapias).

No Brasil é aplicado o mesmo protocolo de tratamento a todos os casos. Desse modo, um paciente, por exemplo, que não precise de radioterapia pode receber o tratamento. “Ele acaba recebendo o tratamento que, mesmo eliminando o tumor, pode afetar a qualidade de vida da criança para sempre”, narra um dos pesquisadores.

Os pesquisadores deverão utilizar o laboratório do Hospital das Clínicas e o Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, enquanto esperam o processo de incubação no Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto. A Neogenys foi selecionada pelo programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (PIPE/Fapesp). (Com informações da Agência USP – 23.10.19)