Notícia

Revista Plástico Industrial

Novo centro de inspeção robótica de peças plásticas em SP

Publicado em 01 março 2021

Por Da redação

A taza, empresa especializada no desenvolvimento de sistemas ópticos c inteligência artificial para controle da qualidade de peças para veículos, que integra o complexo do Parque Tecnológico São José dos Campos (SP), inaugurou recentemente o seu Centro de Inspeções Robóticas. Trata-se de um espaço onde estão instaladas linhas de produção compostas por células robotizadas c equipamentos ópticos voltados para a detecção automática de anomalias que eventualmente possam estar presentes na superfície de revestimentos aplicados em autopeças feitas em plásticos e/ou compostos de blendas termoplásticas.

Esse aparato cuja função é proporcionar a realização de simulações de processos produtivos típicos da indústria automobilística também é constituído por computadores industriais, célula de instrumentos ópticos como câmeras, lentes e filtros de sistemas de visão computacional, além de equipamentos de impressão 3D e outros sistemas industriais automatizados. Ele se encontra em uma área de 130 m?. O diretor de operações do Parque Tecnológico São José dos Campos, José Iram Barbosa, falou mais sobre os objetivos visados pelas partes envolvidas neste projeto.

“ À cooperação com o novo centro faz parte do conjunto de iniciativas do parque para IP proporcionar um ambiente que seja referência no desenvolvimento de novas soluções e negócios para a indústria 4.0 ”. Conforme informado em comunicado à imprensa, o empreendimento contou com investimento próximo de R$ 1,5 milhão e os recursos foram obtidos a partir de programas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

“ Também participaram do desenvolvimento do centro as empresas E isenmann do Brasil e gus. À Espaço situado no Parque Tecnológico São José dos Campos conta com sistemas ópticos e robôs voltados para a realização de simulações de operações do ramo automobilístico “ É um novo espaço funcional para a criação de tecnologias e desenvolvimento de pessoas, que atuará como vitrine para aproximar o público dos conceitos da indústria 4.0 ”, comentou E nivaldo Amaral, diretor financeiro da Au taza, que mencionou ainda que essa empreitada envolverá projetos de qualificação de mão de obra e de âmbito educacional.

Prevê-se o fornecimento de bolsas de estudo para alunos das universidades instaladas no parque. O Centro de Inspeções Robóticas opera conectado a uma plataforma virtual gerenciada pelo Parque Tecnológico São José dos Campos, e os trabalhos serão realizados conforme a norma NR-12. Au taza — w. au taza. com