Notícia

Portal Exame

Novas tecnologias vão revolucionar uso do teste de DNA

Publicado em 13 maio 2013

Por Karina Toledo, da Agência FAPESP
São Paulo - Desde meados da década de 1990, quando o jogador de futebol americano O. J. Simpson foi a julgamento pelo assassinato da ex-mulher Nicole Brown e de seu amigo Ronald Goldman, o exame de DNA tem se revelado uma das principais ferramentas da ciência forense para a identificação de suspeitos. Na época, o tempo entre a coleta da amostra na cena do crime e o término do relatório pelos especialistas não era menor que oito semanas. Hoje, em laboratório, já é possível realizar todo o processo em menos de uma hora. De lá para [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.