Notícia

Unesp Ilha Solteira - Hidráulica e Irrigação

Novas notícias da agricultura irrigada da infra estrutura de logística no Brasil

Publicado em 08 outubro 2020

Por Fernando Braz Tangerino Hernandez

"É possível conciliar provisão de infra estrutura e conservação do meio ambiente. E nós não podemos aceitar o discurso que nos estão impondo, que agora nós somos os vilões do meio ambiente! Não somos e nunca fomos! O Brasil é Líder no que diz respeito ao meio ambiente! O Brasil é uma potência ambiental! É o único país do mundo que tem mais de 60% de florestas preservadas, inclusive franjas de Mata Atlântica! Tem 84% de Amazônia preservada! 42% de matriz energética renovável! Alemanha tem 14%! Como é que nos impõem a pecha de destruidores do meio ambiente, nós não podemos aceitar! Isso é uma questão de narrativa! É uma questão de discurso! E a nossa narrativa tem que ser NÓS SOMOS LÍDERES, porque somos! É é possível proporcionar provisão da infra estrutura com a conservação do meio ambiente!"

Pod Irrigar - Extremos climáticos e a agricultura irrigada

O Brasil enfrenta os efeitos dos extremos climáticos, do frio na região Sul às outras partes do país há adversidades. Aqui no Noroeste Paulista, até 176 dias sem chuvas, temperaturas recordes e baixa umidade relativa do ar, exigem atenção, capacitação, planejamento, investimentos e muita conscientização para convivência e resiliência à estas condições.

A Rede Agrometeorológica do Noroeste Paulista, financiada pela FAPESP e operada pela UNESP registrou incríveis 44,6ºC à sombra em Ilha Solteira na última segunda feira, dia 5 de outubro, recorde absoluto e hoje completamos 13 dias consecutivos com temperaturas superiores à 40ºC e a evapotranspiração de referência chegou a incríveis 8,5 mm/dia em Pereira Barreto.

Estes dados são atualizados a cada cinco minutos no Canal CLIMA da UNESP, que é um Serviço de Assessoramento ao Irrigante, nas apenas uma das atividades ou um dos canais de comunicação que visa a democratização do conhecimento e da informação, com oferta de dados livres e gratuitos, política defendida pela Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira.

Nesta situação em que com frequência a evapotranspiração de referência ultrapassa aos 6,0 mm diários, sistemas de irrigação atuam em plena carga e não somente no período noturno, e o manejo da irrigação se torna uma exigência ainda mais forte!.

Citros e milho são as culturas mais irrigadas na região neste momento e a soja já é semeada sob pivôs centrais, tanto no Noroeste Paulista como no Bolsão Sul-mato-grossense e há relatos de Irrigantes sofrendo com o baixo nível de água suas represas. Pastagem e cana, que são ainda pouco irrigadas convivem com o contrates intenso, se de um lado, há o risco do fogo e a perda da capacidade produtiva, do outro, a elevada umidade do solo e o verde proporcionado pelos sistemas de irrigação, trazem sustentabilidade ao negócio de produzir alimentos e ainda proteção ao fogo e a "limpeza" do ambiente pelas elevadas trocas de carbono por oxigênio!

Entende agora os efeitos multiplicadores da agricultura irrigada na sócio-economia e para o meio ambiente?

(In)Segurança hídrica e meio ambiente

Em tempos de seca prolongada, queimadas e insegurança hídrica em várias bacias hidrográficas, vamos lembrar de Brumadinho - MG, mas das boas notícias, como por exemplo o Programa Lagoa Viva que teve como meta a limpeza de 800 lagoas e estimativa de que os reservatórios armazenariam 4 bilhões de litros de água. Projeto que nunca é tarde para ser replicado para todos os municípios! Trocam tabôa (evapotranspiração de 4,5 mm/dia) por água armazenada.

Em 19 de fevereiro de 2015, reportagem mostrou que recuperar a mata em torno das nascentes é fundamental para amenizar a crise da água. O plantio dessas mudas ajuda a aprimorar um trabalho que a própria natureza já começa a fazer: a água volta a brotar com força. É mais uma nascente retomando o seu curso natural para abastecer os rios. Extrema Joanópolis e Itú em foco!

Mais do Ministro da Infraestrutura

"Na Lata" com Antonia Fontenelle e o Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas se desenhar conhecer mais da Geografia do Brasil e da nossa infraestrutura de logística de transporte do Brasil. Nesta entrevista e na Aula Magna no ITA fica claro que o Governo Federal está executando o previsto no PNLT, elaborado em 2006 e não executado pelos Governos anteriores. Diagnóstico e planejamento que contou coma participação da UFSM.

O ministro da Infraestrutura assinou em 15 de setembro de 2020 o acordo com a empresa de logística Rumo para receber, antecipadamente, o valor das outorgas referentes às renovações dos contratos de concessão da Malha Paulista e da Ferrovia Norte-Sul. Os cofres da União receberão R$ 5,1 bilhões em recursos.

Agronegócios em alta

Excelente entrevista com Marcos Fava Neves para a CBN, com o sempre otimismo baseados em números do agronegócio!

Armazenamento

O Decreto n ° 3.855/2001 traz o Sistema Nacional de Certificação de Unidades Armazenadoras - SNCUA, que é um instrumento de qualificação dos armazéns e melhoria dos processos de armazenagem. Sua implementação se dá mediante o cumprimento de Requisitos Técnicos, que versam sobre a estrutura, tecnologia, controle operacional e capacitação de mão-de-obra, protocolos que resultam na melhoria da prestação de serviços, na qualidade dos produtos e na redução das perdas do pós-colheita, em benefício da sociedade brasileira.

Na CONAB podemos conhecer mais da Legislação de Armazenagem do Brasil.