Notícia

Agência USP de Inovação

Nova molécula é candidata para tratamento contra a malária

Publicado em 10 julho 2018

A molécula apresenta baixa toxicidade e alto poder de seletividade, atuando apenas no protozoário e não em outras células do organismo do hospedeiro. É derivada da classe das marinoquinolinas, com destacada atividade biológica, e foi desenvolvida no Centro de Pesquisa e Inovação em Biodiversidade e Fármacos (CIBFar) – um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) financiado pela FAPESP. O estudo também recebeu o apoio financeiro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Instituto Serrapilheira.

O Centro de Pesquisa e Inovação em Biodiversidade e Fármacos (CIBFar) é uma iniciativa resultante de projetos de pesquisa colaborativos, envolvendo: (i) Laboratório de Química Medicinal e Computacional (LQMC) e Laboratório de Biofísica Molecular – IFSC – USP, (II) Núcleo de Bioensaios, Biossíntese e Ecofisiologia de Produtos Naturais (NUBBE) – IQ – UNESP, (III) Laboratórios de Síntese Orgânica – IQ – UNICAMP, (iv) Laboratórios de Produtos Naturais e Síntese Orgânica – DQ – UFSCar, e (v) Laboratório de Produtos Naturais – FCFRP – USP.

Leia a matéria completa realizada pela FAPESP.