Notícia

Diário da Região (São José do Rio Preto, SP) online

Nova formulação permite usar toxina do veneno de cascavel para tratar dor crônica

Publicado em 22 abril 2020

Por Chloé Pinheiro, da Agência FAPESP
Estudo mostrou que é possível reduzir a toxidade da crotoxina para potencializar seu efeito analgésico, anti-inflamatório e antitumoral Extraída do veneno da cascavel (Crotalus durissus terrificus), a crotoxina tem sido estudada há quase um século por seu potencial analgésico, anti-inflamatório, antitumoral e até como paralisante muscular mais potente que a toxina botulínica. No entanto, a toxicidade da molécula ainda é um fator que limita o seu uso [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.