Notícia

Unisanta - Universidade Santa Cecília

Nossos Cursos – Engenharia Elétrica: Inventos patenteados.

Publicado em 08 outubro 2018

ENGENHARIA ELÉTRICA | 4 ESTRELAS NO GUIA ESTUDANTE/EMPREGABILIDADE/INVENTOS PATENTEADOS

OUTROS MOTIVOS PARA FAZER ENGENHARIA ELÉTRICA NA UNISANTA:

– Aulas práticas desde o 1º ano;

– Nova grade curricular voltada para a indústria 4.0;

– Método de Aula Invertida, com participação dinâmica do aluno, é aplicado para criar protótipos em classe, atendendo, assim, ao mais atualizado ensino de Engenharia;

-Inventos de alunos e professores patenteados pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial, com grande repercussão na mídia, como o software e o dispositivo para smartphone que mede e envia dados do consumo de energia elétrica ao usuário por bluetooth;

-Sistema de Geração de Energia Solar. Curso integrado com outras fontes de energias renováveis, como a eólica, biomassa, etc;

– Convênios e intercâmbios com empresas tomadoras de tecnologias, concessionárias de energia elétrica, institutos de pesquisa e outras universidades do Brasil e do exterior;

-Projetos aprovados no Centro de Tecnologia e Inovação da Baixada Santista (Parque Tecnológico de Santos); Trabalhos no Núcleo de Inovação, Negócios e Empreendedorismo da Unisanta – 1ª Pré-Incubadora de Empresas da Baixada Santista;

-Participação interdisciplinar no Núcleo de Tecnologia Assistiva (NTA), voltado para promoção da autonomia, independência, melhoria da qualidade de vida e inclusão social do indivíduo com dificuldade ou incapacidade funcional.

– A nova grade considera aspectos de aplicação tecnológica de integração de geração renovável distribuída a redes elétricas inteligentes, considerando aspectos relacionados aos sistemas de automação e proteção.

– Prêmios no Startup SP Sebrae 2018, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, entre outros concursos e desafios. O último foi o da equipe Santa Games, formada por graduandos e ex-alunos do Curso, que venceram o Hackathon Unisys-Senai, de segurança digital.

Funções – Foco na formação profissional conceitual e prática relacionadas a projetos de instalações, análises de redes elétricas, máquinas e equipamentos elétricos de potência, proteção e controle de sistemas. Alunos aprendem a produzir dispositivos como os de automação residencial, de controle da umidade do ar, gerenciador de abastecimento de água e medidor portátil do nível de carga de pilha AA, entre centenas de outros necessários à vida de todos.

Mercado e pesquisas- Integração dos alunos com o mercado de trabalho pela possibilidade de participação em projetos de pesquisa e desenvolvimento para as concessionárias de energia elétrica sob a regulação da ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, envolvendo alunos e ex-alunos da Unisanta.

Inteligência artificial e robótica – O Curso de Engenharia Elétrica compõe o Núcleo de Pesquisas Eletrônicas da Universidade e os grupos de Lógica Paraconsistente Aplicada em Sistemas Inteligentes e em Automação e Robótica, junto ao CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Esta participação incentiva a produção de trabalhos científicos e a pesquisa na área de Inteligência Artificial Robótica, referência nacional, com a participação de alunos na condição de iniciação científica e na elaboração de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs), atendendo às necessidades reais de empresas tomadoras de tecnologias.

A Instituição, e por consequência o Curso, está credenciada junto à Agência Nacional de Petróleo (ANP), na área de controle e automação, para a execução de projetos de pesquisa e desenvolvimento para os setores de petróleo e gás.

Bolsas e professores – O corpo docente do Curso é formado por doutores, mestres e especialistas em áreas específicas, que atuam na área de engenharia elétrica com larga experiência profissional em empresas, garantindo não só uma sólida formação conceitual nos aspectos fundamentais da engenharia, mas também uma adequada visão de aplicação nos diversos segmentos de mercado da área.

Os alunos têm sido selecionados como bolsistas internacionais no Programa Ciência sem Fronteiras do MEC, além de bolsas PIBIC e FAPESP, com excelentes resultados acadêmicos.

Infraestrutura – Os laboratórios disponibilizam equipamentos para simulação real de Usinas Geradoras, relés digitais de última geração e sistemas de automação e controle de máquinas elétricas.

CAMPO DE ATUAÇÃO

O engenheiro eletricista projeta, planeja e fiscaliza a execução, operação e manutenção de sistemas elétricos. Atua na comercialização de energia através de uma visão sistêmica.

Área: Engenharia e Tecnologia

Duração: 5 anos (10 semestres)

Período: Noturno