Notícia

Quimiweb

No YouTube, professor da UFABC entrevista jovens pesquisadores da área de materiais poliméricos

Publicado em 09 agosto 2021

Agência FAPESP – Um canal de divulgação científica criado no YouTube pelo professor Derval dos Santos Rosa, da Universidade Federal do ABC (UFABC), traz entrevistas com pesquisadores do Brasil e seus jovens orientandos, procurando relacionar a história de vida dos entrevistados com os novos desenvolvimentos na área de materiais poliméricos, também conhecidos como plásticos.

A iniciativa ganhou o nome “Professor Polímeros – Para jovens cientistas”.

“O canal foi uma das minhas loucuras da pandemia. Tenho observado, já há algum tempo, a necessidade de uma maior valorização das pesquisas e desenvolvimentos conduzidos por jovens cientistas. Nesse sentido, procurei dar voz a esse grupo, buscando entrevistá-los juntamente com seus orientadores, procurando relacionar suas histórias de vida e suas pesquisas. Pensei na geração de conteúdos por meio de uma conversa simples e coloquial, para divulgar a ciência e a tecnologia desenvolvida em universidades e centros de pesquisas”, diz o professor à Agência FAPESP.

As entrevistas apresentam as principais inovações da área de materiais poliméricos e mostram os desenvolvimentos de novos materiais para diferentes aplicações: embalagens de alimentos, extração de petróleo, remoção de contaminantes do meio ambiente, plásticos de fonte renovável, polímeros biodegradáveis e inteligentes, entre outros.

A equipe do canal também tem gerado dois outros tipos de conteúdos: minidocumentários e entrevistas com grandes empresas. Os minidocumentários abordam temas como “De onde vem a Borracha”, “Resíduos: ser ou não ser lixo, eis a questão”; “Microplásticos”, “Isopor: Problema ou Solução”, “PET, material multiuso”, “Impressão 3D e Natural Fibers”.

Uma vez por mês, são realizadas as entrevistas com grandes empresas, discutindo sustentabilidade. Já foram entrevistadas organizações como iFood, Nestle-Nespresso e Ambev.

Sobre a repercussão do canal, Rosa observa: “Percebemos que temos inscritos de todo o Brasil e do exterior, sendo alunos, pesquisadores, alunos do ensino médio e do público leigo".

Para os próximos vídeos, Rosa conta que está planejando uma entrevista com a diretora de Economia Circular da Braskem na América Latina. O objetivo é discutir o papel do plástico e a sustentabilidade. “Nessa entrevista, mostraremos as estratégias que a quinta maior empresa do mundo da área de plástico estabeleceu. O próximo minidocumentário será sobre economia circular, um tema muito relevante e atual para o mercado”, acrescenta.

Fonte: Agência FAPESP