Notícia

Info Exame online

No rastro da carne

Publicado em 21 outubro 2009

Um sistema capaz de rastrear a cadeia de carnes foi desenvolvido por uma empresa brasileira - a Sima, Comércio e Serviços - com apoio do Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas. Por ele, é possível identificar a trajetória do produto desde o nascimento do animal até a chegada dos derivados aos pontos de venda espalhados pelo país.

Trata-se de uma plataforma aberta de integração de vários softwares já disponíveis no mercado. Sua arquitetura é composta por sete módulos funcionais, em diversos idiomas: agrícola, gestão e produção de insumos, pecuária a manejo, frigorífico, logística, varejo e genética.

Com o maior rebanho comercial do mundo, o Brasil exportou 1,3 bilhão de toneladas em 2008, volume 14% inferior ao registrado em 2007. O setor fechou o ano com ingressos de US$ 5,3 bilhões, 20% a mais que no período anterior. Hoje, o país procura se alinhar às exigências do mercado externo para se consolidar na posição de maior exportador global de carnes.

(Agência Envolverde)