Notícia

Revista Campo

Ninhos

Publicado em 01 abril 2021

Por da redação

Uma pesquisa da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) investigou se a coloração vistosa de algumas espécies de aves poderia atrair mais predadores e, assim, prejudicar as aves e seus ovos, segundo matéria publicada pela Agencia Fapesp. Os pesquisadores queriam saber se esse fenômeno de fato acontecia e, também, qual seria a influência do tipo do ambiente, aberto ou floresta. O estudo, publicado em artigo na plataforma internacional Taylor Francis Online, teve a participação do trabalho de iniciação cientifica de Gabrielle Cristina Pestana, realizado durante a graduação em biologia na UFSCar, sob orientação de R hainer Guillermo Nascimento Ferreira, professor do Departamento de Hidrobiologia da UFSCar. A pesquisa foi realizada em 2016 no fragmento de Cerrado da UFSCar em Sao Carlos. “ O principal resultado foi que, na area de mata fechada, a predação dos ovos foi muito menor do que na área aberta, mostrando o importante papel das florestas na sobrevivência dos ninhos de aves de Cerrado ”, revela Ferreira. Outro ponto observado é que, para a surpresa dos pesquisadores, não houve diferença na predação dos ovos quando comparados a ninhos com uma ave colorida (vermelha) ou uma ave crip tica (marrom).