Notícia

SIS Saúde

Nigéria vacina contra HPV

Publicado em 20 outubro 2011

País imuniza meninas com idade entre 9 e 15 anos para reduzir mortalidade associada ao câncer de colo do útero


A Nigéria iniciou a vacinação de meninas entre 9 e 15 anos contra o papilomavírus humano (HPV), como parte de uma estratégia nacional para reduzir a mortalidade associada ao câncer do colo do útero, o tipo de câncer que mais mata no país. O ministro da Saúde da Nigéria, Onyebuchi Chukwu, explicou à agência de notícias AfricaSTI que a alta mortalidade associada à doença é causada pela falta de prevenção, tratamento tardio de pacientes e crenças culturais contrárias a intervenções precoces.“A vacina pode proteger 70% de todas as possíveis causas de câncer cervical”, afirmou.

O governo, segundo ele, não tem recursos para vacinar todas as meninas, mas fez uma parceria com a entidade Aliança Global por Vacinas e Imunização (Gavi, na sigla em inglês). Com isso, será possível oferecer as vacinas com valor subsidiado. “A Gavi tem sido capaz de negociar com os fabricantes de tal forma que o custo total não seria maior que US$ 15. Muitas famílias podem gastar isso para evitar que suas filhas se tornem vítimas de câncer do colo do útero”, disse. O governo promete identificar as famílias que não podem pagar pela vacina e garantir que suas filhas sejam imunizadas.

 

Fonte: Pesquisa FAPESP