Notícia

Adnews

NIC.br completa 5 anos de atividades

Publicado em 08 dezembro 2010

O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), responsável pela execução das iniciativas da Internet definidas pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), completa cinco anos de atuação. O NIC.br, através do Registro.br é responsável pelo registro de domínios sob o ".br", sua publicação internacional e a distribuição de números IP para o Brasil.

Em dezembro de 2005, quando o NIC.br assumiu formalmente a atividade de registro, havia cerca de 850 mil domínios registrados. Em cinco anos, esse número passou para praticamente 2,3 milhões de nomes, o que mantém o Brasil entre os dez países com maior quantidade de registros de nomes de domínio no mundo.

No mesmo período, outro setor do NIC.br, o Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (CERT.br) recebeu mais de um milhão de relatos de incidentes de segurança. O departamento é o responsável por catalogar e tratar incidentes de segurança envolvendo redes conectadas à Internet no Brasil. O Centro também desenvolve atividades de análise de tendências, treinamento e conscientização, com o objetivo de aumentar os níveis de segurança e de capacidade de tratamento de incidentes no Brasil.

O Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br), responsável pela produção de indicadores e estatísticas sobre a disponibilidade e uso da Internet no Brasil divulga análises e informações periódicas sobre o desenvolvimento da rede no país. Na primeira Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação no Brasil (TIC Domicílios), realizada em 2005, 25% dos brasileiros utilizavam a Internet com freqüência; a quinta pesquisa, divulgada em 2010 e referente a dados de 2009 apontou que esse número passou para 40%.

O Centro de Estudos e Pesquisas em Tecnologias de Redes e Operações (CEPTRO.br) desenvolve projetos que visam melhorar a qualidade da Internet no Brasil e disseminar seu uso, com especial atenção para seus aspectos técnicos e de infraestrutura. O CEPTRO.br gerencia, entre outros projetos, os Pontos de Troca de Tráfego (PTT.br), a distribuição de hora legal brasileira (NTP.br), e o IPv6.br.

Acompanhando outra deliberação do CGI.br e seguindo os requisitos do W3C (World Wide Web Consortium), o NIC.br deu início às atividades do escritório do W3C no Brasil - o primeiro na América do Sul. O W3C no Brasil vem reforçar os objetivos globais de uma Web para todos, em qualquer aparelho, baseada no conhecimento, com segurança e responsabilidade. Desde sua inauguração, em 2007, o escritório realizou duas Conferências Web W3C Brasil e diversos encontros para discutir boas práticas e melhorias nos navegadores e padrões Web.

Toda essa estrutura teve início no final da década de 80, quando o Brasil obteve conexão às redes acadêmicas internacionais de computadores. O ".br" foi registrado em abril de 1989 e a primeira conexão Internet ocorreu a partir de uma máquina na Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), no início de 1991. Em 1989, entrava em funcionamento o Registro.br, numa sala na Fapesp para operar a estrutura de nomes sob o recém-delegado ".br". Nessa mesma época, os primeiros computadores pessoais começavam a ser tornar populares no mundo, mas eram ainda bastante raros nas empresas nacionais e praticamente inexistentes nas residências dos brasileiros.