Notícia

Anpei - Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras

Neurotecnologia no Brasil: Criando as sinapses para a inovação

Publicado em 18 março 2019

O BRAINN

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) apoia 17 Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) que têm como missão desenvolver investigação fundamental ou aplicada, focada em temas específicos; contribuir ativamente para a inovação por meio de transferência de tecnologia; e oferecer atividades de extensão voltadas para o ensino fundamental e médio e para o público em geral.

Um desses CEPIDs é o Instituto Brasileiro de Neurociência e Neurotecnologia (BRAINN) que foi criado com o foco na investigação dos mecanismos que levam à epilepsia e ao acidente vascular cerebral (AVC), assim como os danos causados por sua progressão. Para desenvolverem pesquisas que têm como requisitos: a relevância clínica, o realismo e a originalidade científica, o BRAINN conta com competências em áreas que incluem: genética, neurobiologia, farmacologia, neuroimageamento, informática, robótica, engenharia, física e suas diversas combinações.

A iniciativa de estruturação de um centro de inovação em Neurotecnologia

Desde o começo de 2018, motivado pela oportunidade de gerar mais impacto e inovação a partir do conhecimento gerado por seus pesquisadores em neurociência, o BRAINN iniciou um projeto com o objetivo de avaliar a oportunidade e criar um centro de inovação voltado para a realização de suas atividades de neurotecnologia*.

A visão de um espaço independente e autônomo para melhor geração de valor para a sociedade através da geração de startups, desenvolvimento de equipamentos e procedimentos médicos, projetos colaborativos com a indústria, formação de novos talentos para o mercado, foi a mola mestra para a realização desse projeto.

Sobre o Workshop

Workshop para divulgação de estudo sobre o tema e construção de projetos colaborativos de inovação em Neurotecnologia. Essa iniciativa faz parte de um projeto financiado pela FAPESP com o intuito de viabilizar a estruturação de um Centro de Inovação em Neurotecnologia a partir das competências científicas do Instituto Brasileiro de Neurociência e Neurotecnologia (BRAINN), sediado na UNICAMP e com uma rede de pesquisa que abrange centros acadêmicos e de pesquisa no Brasil, Alemanha, Reino Unido, França e Canadá.

O workshop em questão, tem o objetivo de divulgar de mapa de tecnologias e oportunidades em Neurotecnologia e promover a construção de projetos colaborativos de inovação com diversos atores do ecossistema.

A agenda do evento terá 2 grandes momentos que permitirá que os diferentes interesses do público-alvo estejam contemplados:

1. Divulgação do mapa de tecnologias e oportunidades em Neurotecnologia

2. Dinâmica de estruturação de projetos de inovação colaborativos

Agenda Preliminar do Evento

Período da Manhã (09h00 as 12h00)

Abertura Apresentação do Projeto Divulgação do Estudo sobre Neurotecnologia Debate sobre as oportunidades em neurotecnologia no Brasil Encerramento da Manhã Break para Almoço

Período da Tarde (14h00 as 17h00)

Abertura da Tarde Fishbowl: Oportunidades de Inovação em Neurotecnologia Dinâmica de discussão de construção de projetos Encerramento

* O campo da neurotecnologia apresenta grande potencial em inovação e transferência tecnológica. Os desafios estão na produção de equipamentos complexos e de softwares voltados para diagnóstico e tratamento. Isso inclui o desenvolvimento e a construção de sistemas de imageamento funcional do cérebro, usando fótons infravermelhos; o desenho e a microfabricação de neurossondas para pesquisa inovadora e uso clínico; o desenvolvimento de softwares otimizados para processamento de imagens médicas; o desenvolvimento de técnicas rápidas de diagnóstico, baseadas em rastreamento genético; o desenho e a construção de interfaces cérebro-computador para tecnologias de assistência; e o desenvolvimento de sistemas de reabilitação.

O evento é gratuito, com número limitado de vagas e a inscrição pode ser feita por aqui.