Notícia

Jornal Brasil

Nepo abre Programa de Capacitação e lança livros

Publicado em 28 agosto 2013

O 4º Programa de Capacitação do Nepo (Núcleo de Estudos da População), direcionado principalmente a gestores municipais, estaduais e governamentais, foi aberto na manhã desta terça-feira (27), agora com o tema "População, Cidades e Políticas". O objetivo do curso é sensibilizar as instâncias de governo para as inter-relações entre população e desenvolvimento social, enfatizando as novas dinâmicas do crescimento populacional nas cidades e a necessidade de políticas sociais. No mesmo evento de abertura foram lançados mais oito volumes da Coleção Por Dentro do Estado de São Paulo, além do Atlas Temático do projeto Observatório das Migrações em São Paulo, que é apoiado pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e Faepex (Fundo de Apoio ao Ensino, à Pesquisa e Extensão da Unicamp).

A professora Rosana Baeninger, coordenadora do Observatório, ao qual o Programa de Capacitação do Nepo está vinculado, afirma que a ideia é transmitir aos gestores os conhecimentos adquiridos nas pesquisas acadêmicas em dinâmica da população, urbanização e processos migratórios. "Este quarto curso, particularmente, dá ênfase à construção de indicadores para o planejamento. Por isso, a sessão de abertura conta com um convidado da Fundação Seade [Sistema Estadual de Análise de Dados], o órgão oficial do Estado de São Paulo na produção do conhecimento e de indicadores sociais. Selecionamos 46 participantes entre mais de 70 inscritos para o programa, que vai durar a semana toda."

Haroldo Torres, diretor de Análise e Disseminação de Informações da Fundação Seade, concedeu palestra sobre "A Importância de Informações e Indicadores Sociais para o Planejamento". "Pretendo apresentar os produtos de informação que a fundação possui, enquanto órgão de estatísticas do Estado. Trata-se de um conjunto de indicadores nas áreas demográfica, econômica e social, que oferece uma contribuição importante para a elaboração de políticas públicas."

De acordo com Rosana Baeninger, a Coleção Por Dentro do Estado de São Paulo já conta com 12 volumes e os oito títulos lançados são: Região de Limeira, Regiões Canavieiras, Retrato Paulista do Censo Demográfico de 2010, Polos Indígenas do Estado de São Paulo, Migrações Internacionais, Processos Migratórios no Estado de São Paulo, Imigrantes Internacionais no Pós-Segunda Guerra Mundial e Região Central. "O leque de temas é bastante amplo e, por isso, são 87 autores", diz a coordenadora do projeto Observatório das Migrações.

Um dos autores de Regiões Canavieiras é o pesquisador Jurandir Zullo Junior, coordenador da Cocen (Coordenadoria de Centros e Núcleos Interdisciplinares de Pesquisa). "Este volume é resultado de dois projetos temáticos em mudanças climáticas e cana-de-açúcar financiados pela Fapesp. Já temos vários projetos conjuntos do Cepagri da Unicamp com a Embrapa, avaliando o impacto das mudanças climáticas na nossa agricultura. Esse estudo coordenado por mim trata das regiões tradicionais de cana e das regiões novas que a cultura está ocupando, tanto no oeste paulista quanto para fora do Estado, como no norte do Paraná e no Centro-Oeste."

Fonte: Imprensa Unicamp