Notícia

Kalá

NEPEP promove 1ª Feira de Ciências de Pedreira

Publicado em 30 agosto 2012

O Núcleo de Estudos e Pesquisa em Educação (NEPEP) estará promovendo a 1ª Feira de Ciências de Pedreira, destinada a todas as escolas, abrindo espaço para que os alunos possam realizar pesquisas sobre um tema de sua escolha e apresentar seus resultados na exposição. Os melhores grupos receberão prêmios como bolsas de estudos, livros, materiais pedagógicos, entre outros.

Em 2005, Pedreira acompanhou o lançamento do Projeto FAPESP, “Recuperando a Memória das escolas públicas de Pedreira”, desenvolvido através de parceria entre a Prefeitura de Pedreira, a Universidade de São Paulo (USP), representada pelo Professor Doutor Orlando S. Juriaans e a FAPESP. Como resultado, um excelente centro de memória foi formado, com a capacitação de vários professores das escolas Humberto Piva e Coronel João Pedro, e nasceu então o NEPEP (Núcleo de Estudos e Pesquisa em Educação de Pedreira).

No ano de 2008, apoiado pelo prefeito Hamilton Bernardes Junior, empenhado em viabilizar sua consolidação e legitimar suas ações junto à comunidade universitária, assinou um convênio com a USP. Neste convênio firmou-se uma parceria com órgãos de apoio à pesquisa, como FAPESP, CNPq, entre outros, o que também trouxe verbas e investimentos para a área educacional.

Com esses investimentos o NEPEP se tornou referência estadual e federal em ensino e pesquisa. No NEPEP encontram-se atualmente 200 alunos das escolas municipais e estaduais, estudando no “Projeto Morvan”, tendo aulas de Inglês, Português, Matemática, Ciências, Expressão Corporal e Programação de Computadores. As aulas visam oferecer conhecimento científico e estímulo aos estudos por meio de práticas de ensino diferenciadas.

Em 2011, o NEPEP foi reconhecido como Laboratório da USP e, com isso, a cidade ganhou 8 bolsas de Pré-Iniciação Científica da parceria USP-Santander-Cenp e Prefeitura Municipal, para que alunos do Ensino Médio com talentos especiais pudessem entrar em contato com o conhecimento científico e assim amadurecerem produtivamente, realizando pesquisas e escrevendo monografias de temas interdisciplinares. O sucesso do Programa foi tanto que, em 2012, o município recebeu 40 bolsas.

Além do “Projeto Morvan”, destinado aos estudantes da Rede Municipal e Estadual, a comunidade pedreirense conta ainda com cursos gratuitos de Inglês, Espanhol e Informática, além de capacitação de professores e coordenadores.