Notícia

IG

Nem Newton, nem Leibniz é o pai do cálculo infinitesimal

Publicado em 15 agosto 2007

Uma das mais tradicionais polêmicas na matemática tem a ver com a paternidade do cálculo infinitesimal. Há três séculos se tem discutido sobre quem seria seu inventor: o inglês Isaac Newton (1643-1726) ou o alemão Gottfried Wilhelm Leibniz (1646-1716).

Agora, um estudo feito por pesquisadores de universidades britânicas afirma que não foi nenhum dos dois gênios, mas sim um grupo de matemáticos indianos, pelo menos 200 anos antes.

No fim do século 17, Newton teria sido o primeiro a aplicar o cálculo na física geral, mas Leibniz teria desenvolvido grande parte das notações e símbolos usados até hoje. Os seguidores do inglês destacam que ele teria sido o primeiro a anunciar, mas os rivais apontam que o alemão publicou primeiro. O próprio Newton teria acusado Leibniz de roubar suas idéias, apresentadas a alguns membros da Royal Society.

Leia mais na Agência Fapesp