Notícia

SEGS Portal Nacional de Seguros & Saúde

Nadia Somekh é nomeada Chevalier dans l'Ordre des Palmes académiques

Publicado em 07 agosto 2018

Nadia Somekh, arquiteta, urbanista e professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), da Universidade Presbiteriana Mackenzie, foi nomeada Chevalier dans l'Ordre des Palmes académiques, pelo Ministro da Educação Nacional, Ensino e Pesquisa da França. A nomeação é o reconhecimento pelo trabalho e produção teórica e prática da docente, que vem pesquisando a verticalização das cidades brasileiras e o Patrimônio Histórico na metrópole contemporânea. A premiação ocorre no dia 9 de agosto, quinta-feira, às 12h, na Aliança Francesa (Av. Brigadeiro Faria Lima, 2421) - Pinheiros, São Paulo.

Chevalier dans l'Ordre des Palmes académiques (Cavaleiro da Ordem das Palmas Acadêmicas) é uma condecoração concedida aos parceiros do mundo acadêmico e reconhece méritos das pessoas do mundo da educação, da pesquisa e da tecnologia que se distinguiram e prestaram serviços importantes na cooperação científica, técnica e tecnológica com a França.

Os laços de família da professora Nadia Somekh com a França são antigos, seu bisavô fundou a Aliança Francesa Israelita no Oriente Médio, seus avós foram criados em Paris, e seus pais nasceram no Cairo – Egito e foram criados em escolas francesas. Somekh, foi nascida no Cairo e veio criança para o Brasil, em 1956, sua língua materna é o francês e sua língua adotiva é o português.

Em 1987, Nadia Somekh, ganhou uma bolsa FAPESP para montar seu projeto de pesquisa de doutorado com professores franceses: Alain Lipietz, Christian Topalov e Vincent Renard da Revista Etudes Foncières, na qual publicou artigo sobre A Verticalização em São Paulo, tema de seu mestrado. Traduziu alguns autores do francês para o português nos anos 1980/90 para a Revista Espaço & debates onde compunha o Conselho Editorial: Braudel, Bourdieu, Lipietz. Em 2010, realizou a tradução do livro de François Ascher: Os Novos princípios do Urbanismo, editora Romano/Guerra. Cursou seu pós-doutorado na EHESS – Ecole de Hautes Études em Sciences Sociales, por recomendação do professor Ignacy Sachs, de 2006 a 2012. Professora convidada no IUP-Institut d' Urbanisme de Paris em 2008 e 2010 e na Universidade de Cergy-Pontoise em 2012.

Em 2013 a 2016, a docente Nadia Somekh, foi Diretora do Departamento do Patrimônio Histórico do Município de São Paulo e criou em 2015 a Jornada do Patrimônio, com o apoio do Consulado da França em São Paulo e a ajuda do Ministério da Cultura da França. A Jornada do Patrimônio em SP virou lei e ocorre no terceiro fim de semana do mês de agosto, e já está na sua quarta edição.

Com Paris La Villette e o Laboratório LIEU, participou em setembro último do Seminário Patromonialisation e Precarité. A professora Alessia de Biase, com quem dialogou e escreveu dois trabalhos para os Diálogos França-Brasil, esteve em dezembro de 2017 conhecendo o bairro do Bexiga e em palestra: “A cidade como Herança” na FAU Mackenzie dia 7 de dezembro de 2017.

Em 2008, quando era diretora da FAU Mackenzie, assinou convênio de cooperação com a escola de arquitetura Paris Val-de-Seine, vários alunos de arquitetura da Universidade Presbiteriana Mackenzie se beneficiaram desta cooperação. Em fevereiro de 2019, realizou uma oficina de projeto sobre o bairro de Campos Elíseos com a professora Sabrine Bresson, com 30 alunos das duas instituições.

Serviço

Chevalier dans l'Ordre des Palmes académiques

Condecoração: Nadia Somekh

Dia: 9 de agosto - Quinta-feira, às 12h

Local: Aliança Francesa - Av. Brigadeiro Faria Lima, 2421 - Pinheiros, São Paulo

Sobre o Mackenzie

A Universidade Presbiteriana Mackenzie está entre as 100 melhores instituições de ensino da América Latina, segundo a pesquisa QS Quacquarelli Symonds University Rankings, uma organização internacional de pesquisa educacional, que avalia o desempenho de instituições de ensino médio, superior e pós-graduação.