Notícia

Folha.com

Na Justiça e no governo, Bicudo tinha como tarefa lutar pelos direitos humanos

Publicado em 31 julho 2018

Por Flávia Piovesan
A devoção à causa dos direitos humanos foi a expressão maior da vida de Hélio Bicudo. Nos anos 70, como promotor de justiça, assumiu com o desafio de combater o chamado “esquadrão da morte”. Investigou a violência de agentes policiais que despejavam cadáveres de criminosos comuns ou acusados de cometer delitos nas periferias. Em suas memórias, Bicudo confidenciou que a consciente decisão de romper com uma atuação meramente burocrática no Ministério Público foi inspirada por um artigo de Miguel Reale, publicado em 1969, [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.