Notícia

UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas

Na FEQ, workshop promissor com a Heriot-Watt University

Publicado em 10 abril 2014

A Vice-Reitoria Executiva de Relações Internacionais (Vreri) e a Pró- Reitoria de Pesquisa (PRP), com o apoio da Fapesp, estão promovendo até sexta-feira o Workshop Internacional Unicamp–Heriot-Watt University, reunindo especialistas das duas universidades e de outras instituições brasileiras em sessões abordando temas como energia, meio ambiente, saúde pública e colaboração com a indústria. As discussões acontecem no auditório da Faculdade de Engenharia Química (FEQ), com inscrições gratuitas no site da PRP.  

Acompanhe ao vivo nesta quinta, dia 10

O reitor da Heriot-Watt University (HWU), professor Steve Chapman, fez uma apresentação da instituição aos presentes. Antes, falou de sua expectativa otimista em relação ao evento na FEQ. “O que espero do workshop e tenho certeza de que vou conseguir é formar um grande número de links entre a nossa universidade e a Unicamp. E mais, queremos aumentar a colaboração nas pesquisas, obter verbas para isso e publicar papers, tudo isso em conjunto. Queremos estreitar relações com universidades brasileiras.”

Integra a comitiva da tradicional universidade escocesa a professora brasileira Patrícia Amâncio Vargas, doutora pela Unicamp e que lá dirige o Laboratório de Robótica e responde pelos intercâmbios internacionais na Faculdade de Ciências da Computação e Matemática. “Fui aluna de doutorado da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC), orientada pelo professor Fernando Von Zuben. Trouxemos doze membros acadêmicos para este workshop, que foi idealizado durante a Fapesp Week em Londres, no ano passado. Encontrando o professor Luís Cortez, achamos interessante organizar um evento conjunto para fortalecer o vínculo entre as duas universidades.”

Este objetivo de incrementar a interação entre pesquisadores do Brasil e do Reino Unido, catalisando futuros projetos em todos os níveis, é reiterado pelo professor Luís Augusto Cortez, vice-reitor de Relações Internacionais, que se encarregou de dar informações sobre a Unicamp aos visitantes. Também participaram da sessão de abertura os professores Alan Miller, adjunto de Pesquisa e Transferência de Conhecimento da HWU, e Heitor Cantarella, do Programa Fapesp de Pesquisa em Bioenergia (Bioen).

Em seguida, um debate sobre “Pesquisas em colaboração com indústrias e transferência de tecnologia”, com Alan Miller e o professor Milton Mori, diretor da Agência de Inovação Inova Unicamp; e ainda a primeira sessão, com o tema “Petróleo e gás e políticas renováveis”. A quinta-feira foi reservada para mais quatro sessões: “Questões globais: ambiente sustentável”, “Toxicologia, nutrição humana e ciência de alimentos”, “Cooperação com a indústria: estudos de casos” e “Descobrindo a robótica: automação e tecnologias robóticas aplicadas em energia, ambiente, saúde e alimentos”. Na manhã da sexta, visita técnica à Funcamp e ao Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE).