Notícia

Veja online

Mutação genética pode predispor portador à impulsividade

Publicado em 25 dezembro 2010

Estudo feito na Finlândia acaba de descobrir que uma mutação genética pode predispor portadores a agir de maneira impulsiva e violenta. A pesquisa foi feita com 96 presidiários, entre os quais a mutação se mostrou três vezes mais presente que na média da população em geral. A alteração acontece no HTR2B, gene receptor de serotonina e neurotransmissor atuante no controle de impulsos. Os 17 condenados que carregavam a mutação (do total de 96 analisados) cometeram em média cinco crimes violentos, 94% dos quais sob a influência [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.