Notícia

Estadão.com

Mudanças climáticas e inovação

Publicado em 19 outubro 2015

Por José Goldemberg
As perspectivas de que a Conferência do Clima a ser realizada em Paris, em dezembro, leve a um acordo entre os grandes emissores de gases responsáveis pelas mudanças do clima são as melhores desde 1992. Há várias razões para isso, mas as mais importantes são as mudanças estruturais ocorridas na China, nos Estados Unidos e no Brasil. Os países da União Europeia desde 1992 abraçaram a tese de que deveriam reduzir suas emissões e tomaram medidas práticas para fazê-lo. Isso foi até relativamente fácil de fazer melhorando o [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.