Notícia

DCI online

Movimento pela inovação atrai empresários

Publicado em 11 setembro 2015

Ribeirão Preto - Com um recorde no número de atendimentos, a etapa Ribeirão Preto-SP do Movimento pela Inovação, realizado pela Desenvolve SP - Agência de Desenvolvimento Paulista, em parceria com o Supera Parque de Inovação e Tecnologia, terminou.

O evento foi realizado durante cinco dias com objetivo de apoiar empresas e pesquisadores a tirarem ideias inovadoras do papel, apresentando linhas de subvenção, financiamento e aportes via fundos de investimento em participações. Ao todo, foram 92 agendamentos dos quais 87 foram cumpridos. "A procura pelas orientações do Movimento pela Inovação foi tão grande que ultrapassou o número de horários disponíveis para atendimento. Os cinco empresários que não foram atendidos nessa primeira etapa já foram incluídos em lista de espera e serão atendidos em breve", enfatizou Eduardo Cicconi, gerente do Supera Parque.

Do total de projetos apresentados, 15 já estão com propostas de financiamento cadastradas na Desenvolve SP. Foram feitos 29 encaminhamentos para entidades parceiras do Movimento: Fapesp, Fundo Inovação Paulista, Inova Paula Souza, Sebrae-SP e Embrapii. "A etapa de Ribeirão Preto deu tão certo que tivemos empreendedores de outros estados participando do Movimento pela Inovação", ressalta Cicconi. Os atendimentos foram realizados para dois empresários de Minas Gerais e um do Rio de Janeiro - que têm a intenção de transferir suas empresas para Ribeirão Preto.

O Supera Parque de Inovação e Tecnologia, em parceria com o Grupo de Educadores Google (GEGs), promove cursos para educadores de Ribeirão Preto. Tais cursos são entre setembro e dezembro. "O objetivo do GEG é construir uma comunidade de educadores apaixonados por tecnologia educacional, que compartilham práticas pedagógicas e inspiram uns aos outros, atendendo as necessidades dos alunos, dentro e fora da sala de aula", salienta Cristiane Miura, líder do GEG Ribeirão Preto.

O primeiro evento é o GEG Apresenta, dia 15/9, com a meta de mostrar a proposta do grupo de educadores Google de Ribeirão Preto. Os públicos-alvo são diretores, coordenadores, educadores e interessados no uso da tecnologia em sala de aula. "Esses são encontros semestrais para a apresentação do grupo e das oficinas temáticas sobre o uso da TI em sala de aula", explica Eduardo Cicconi, gerente do Supera.

Bete Cervi