Notícia

Portal Exame

Mosca que viveu há 15 milhões de anos é descrita em estudo

Publicado em 16 outubro 2017

Por Peter Moon, da Agência Fapesp
A mais antiga espécie de mosca conhecida para a superfamília Oestroidea, que congrega cerca de 15 mil espécies viventes – entre as quais a mosca-do-berne (Dermatobia hominis) –, acaba de ser descrita em um estudo internacional com participação brasileira. A nova espécie, Mesembrinella caenozoica, foi descoberta a partir de um macho fossilizado de 8,5 milímetros que viveu nas matas da atual República Dominicana entre 20 milhões e 15 milhões de anos atrás, na época do Mioceno. “O exemplar estava em uma gota de resina que [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.