Notícia

Folha.com

Mortes: Uma casa branca numa cidade cinzenta

Publicado em 26 janeiro 2021

Por Sarita Mucinic Sarue
SÃO PAULO - Em 1912, foi inaugurado o orfanato Dom Sierot, em Varsóvia, na Polônia, um casarão branco que abrigava crianças judias, não por desejo religioso e sim pelo fato de o antissemitismo, o ódio gratuito contra os judeus, correr fértil em terras polonesas. O que me inspirou a escrever este artigo foi a notícia da morte de Itzchak Belfer, 97 anos, uma das milhares de crianças judias que viveram no orfanato de Henryk Goldszmit, mais conhecido como Janusz [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.