Notícia

MSN

Morte de Pinotti faz Senado adiar sessão

Publicado em 01 julho 2009

Não haverá sessão no plenário do Senado hoje, em decorrência da morte do deputado federal José Aristodemo Pinotti. O primeiro vice-presidente da Casa, Marconi Perillo (GO), informou a alguns senadores que apenas abriria a sessão para pedir o encerramento na sequência. O médico e parlamentar, licenciado da Câmara, morreu na madrugada de hoje, vítima de câncer nos pulmões, aos 74 anos.

Pinotti, que ocupava a Secretaria Municipal Especial da Mulher em São Paulo, será velado a partir das 11 horas no saguão do teatro da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. O enterro está marcado para as 17 horas, no Cemitério da Consolação, segundo informações da assessoria da Prefeitura de São Paulo.

Entre os cargos que ocupou estão os de professor titular e Chefe do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Reitor da Unicamp, secretário estadual de Educação de São Paulo, secretário estadual da Saúde de São Paulo, Coordenador do Sistema Unificado e Descentralizado de Saúde (SUDS) do Estado, consultor da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e presidente da Fundação Pedroso Horta.