Notícia

A Folha Paulista online

Morre o professor da USP Dietrich Schiel, criador do CDCC

Publicado em 29 outubro 2012

Morreu neste sábado, 27, o professor da USP de São Carlos e criador do Centro de Divulgação Científica e Cultural (CDCC),  Dr. Dietrich Schiel. 

O velório foi realizado no edifício sede do CDCC, localizado entre as ruas 9 de julho e 13 de maio.

O sepultamento aconteceu às 17 horas deste domingo, dia 28, no Cemitério Municipal Nossa Senhora do Carmo.

Schiel era docente aposentado do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) e foi um dos fundadores do CDCC, sendo também diretor desse centro por diversos anos.

História

Schiel possuía graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade de São Paulo (1964) e doutorado em Física - Technische Universität Stuttgart (1970). Foi professor efetivo da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino à Distância e Educação Para a Ciência, atuando principalmente nos seguintes temas: educação para a ciência, ensino de física, educação a distância, ensino de ciências e inovações pedagógicas em c &t.

Foi o criador do equipamento inovador para o ensino experimental de Ciências (programa Experimentoteca) e um dos principais desenvolvedores de material para o programa ABC na Educação Científica - Mão na Massa, apoiado pela Academia Brasileira de Ciências. Neste programa foi professor visitante convidado em 2004 no Institut National de Recherche Pédagogique (INRP - França), desenvolvendo diversas propostas de cooperação entre esses países na área de Ensino de Ciências baseado na Indagação (ECBI).

Foi criador, em 1980, do hoje Centro de Divulgação Científica e Cultural (CDCC) da Universidade de São Paulo, do qual foi diretor até 2003 , sendo atualmente membro da equipe. Neste Centro foi idealizador do Centro de Divulgação da Astronomia em 1986 e recentemente (2003 - ) da concepção dos museus da percepção e do Céu na Terra, desenvolvidos com recursos de CNPq e Viitae. Foi coordenador de Laboratório de Aplicação e Desenvolvimento do programa Tidia da FAPESP, de ensino a distância. Em 2005 representou a Academia Brasileira de Ciências em reunião sobre propostas internacionais de avaliação de programas IBSE em Stockholm, Suécia e de "focal points" em Edmonton, Canada.