Notícia

JC e-mail

Morre o compositor e zoólogo Paulo Vanzolini

Publicado em 29 abril 2013

O compositor e zoólogo Paulo Vanzolini morreu na noite deste domingo (28). A morte foi anunciada pelo Hospital Israelita Albert Einsten, em São Paulo, onde estava internado desde quinta-feira (25), na Unidade de Terapia Intensiva, em decorrência de pneumonia. Com velório fechado ao público, o corpo de Vanzolini será enterrado na tarde de hoje no Cemitério da Consolação.

Formado em medicina no Brasil e com doutorado em biologia pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, o zoólogo dedicou seus estudos aos répteis e anfíbios. Foi diretor do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (USP) e autor da lei que criou a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Sócio da SBPC desde sua fundação em 1948, o pesquisador foi conselheiro da entidade por dois mandatos: de 1973 a 1977, sob a presidência de Oscar Sala; e entre 1983 e 1987, no mandato de Crodowaldo Pavan. Sua contribuição na área das Ciências Biológicas rendeu o prêmio da Ordem Nacional do Mérito Científico com a classe Grã-Cruz. Também foi premiado pela Fundação Guggenheim, de Nova York.

Além de brilhante carreira na zoologia, Paulo Vanzolini entrou para rol dos maiores compositores da música brasileira com sambas clássicos, como "Ronda", "Praça Clóvis", "Volta por Cima" e "Na Boca da Noite".

(Jornal da Ciência)