Notícia

UniversoAgro

Molécula usada em saúde humana controla pragas que atacam citros

Publicado em 10 fevereiro 2017

Por Elton Alisson

Uma molécula antioxidante chamada N-acetilcisteína (NAC), utilizada em saúde humana como xarope mucolítico para desobstruir as vias respiratórias, resultou no desenvolvimento de produtos que têm demonstrado ser eficientes para controlar pragas que atacam cítricos, como a clorose variegada dos citros (CVC) – conhecida popularmente como “amarelinho” –, o cancro cítrico e o greening (HLB), informa a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Em testes em campo, plantas com CVC e sadias tratadas com os produtos à base de NAC apresentaram maior quantidade de frutos e diâmetro maior do que as que não receberam o mesmo tratamento, afirmou Simone Picchi, fundadora da CiaCamp – uma startup paulista que desenvolveu os produtos com apoio do programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) da FAPESP.

“Os primeiros ensaios em campo foram realizados pelo pesquisador Helvécio Della Coletta Filho, do Centro de Citricultura ‘Sylvio Moreira’, com plantas que estavam extremamente doentes com CVC, durante um período de seca em São Paulo, e os resultados foram muito positivos”, diz Picchi.