Notícia

Jornal da Ciência online

Mobilização contra o coronavírus

Publicado em 03 fevereiro 2020

Por Carlos Fioravanti | Pesquisa FAPESP

Instituições de saúde se articulam para identificar e combater a doença no Brasil, onde já circulam variedades semelhantes ao microrganismo chinês

Apesar de nove casos suspeitos em seis estados brasileiros até quinta-feira, 30 de janeiro, as temperaturas altas do verão talvez dificultem a chegada e o avanço no Brasil da nova variedade de coronavírus que emergiu em dezembro – no auge do inverno do hemisfério Norte, onde o clima frio favorece sua sobrevivência e transmissão –, infectou quase 10 mil pessoas e causou cerca de 213 mortes na China até o final deste mês. Por outro lado, o intenso comércio com o país asiático, hoje o principal importador de produtos brasileiros, poderia facilitar a circulação de pessoas e da nova variedade de coronavírus, chamada provisoriamente de 2019-nCoV.

No dia 30, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o surto do coronavírus como uma emergência de saúde pública global, o que implica uma ação coordenada entre os países. O novo vírus já foi detectado em 19 países. No Brasil, os pacientes suspeitos estão em São Paulo (3 deles), Santa Catarina (2), Rio de Janeiro (1), Minas Gerais (1), Paraná (1) e Ceará (1).

“O vírus da Sars [síndrome respiratória aguda grave] era mais letal que essa nova variedade”, comenta o virologista Edison Luiz Durigon, do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP). Em 2002 e 2003, a Sars, causada por outra variedade de coronavírus, que começou também na China em 2002 e, até o ano seguinte, apresentou uma letalidade (mortes por casos confirmados) de 10% – infectou cerca de 8 mil pessoas e matou aproximadamente 800. A síndrome respiratória do Oriente Médio (Mers) surgiu em 2014, causada também por um coronavírus, infectou 2494 pessoas e até este ano causou 858 mortes, com uma letalidade de 34%, enquanto a da variedade atual foi estimada em 2,1%.

Leia na íntegra: Revista Pesquisa Fapesp