Notícia

FarolCom

Missão do IPCC faz palestras na FAPESP sobre mudanças climáticas globais, dia 30

Publicado em 27 outubro 2008

Como parte das atividades científicas do Programa FAPESP de Pesquisa em Mudanças Climáticas Globais, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) organizam em 30 de outubro, às 15h, na Fundação, palestras com os professores Martin Parry e Vicente Barros, integrantes de missão do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), para debater no Brasil o IV Relatório da organização. As palestras serão em inglês, com tradução simultânea.

Martin Parry é professor do Centro de Políticas Ambientais do Imperial College, em Londres, e foi co-presidente do Grupo de Trabalho II do IPCC, responsável pelo relatório Impactos, Adaptação e Vulnerabilidade, parte do IV Relatório, concluído em 2007. Na palestra Our current knowledge about the impacts of climate change and the challenge for adaptation ele fará uma apresentação sobre as mudanças climáticas que já estão acontecendo, seus impactos e possíveis cenários para o futuro. Vicente Barros é professor titular do Departamento de Ciências Atmosféricas da Universidade de Buenos Aires e atual co-presidente do mesmo Grupo de Trabalho, que concluirá o pr óximo relatório de avaliação em 2013. Na palestra Climate change and adaptation in Southern South America, ele tratará dos impactos e da adaptação do Cone Sul da América do Sul às mudanças.

Participam do encontro o professor Carlos Nobre, climatologista do Inpe e coordenador executivo do Programa FAPESP de Pesquisa em Mudanças Climáticas, e Antonio Rocha Magalhães, do Banco Mundial - ambos membros brasileiros do IPCC. Também estarão presentes demais pesquisadores do Programa da FAPESP, lançado pela Fundação em agosto deste ano.

O IV Relatório do IPCC faz um balanço do conhecimento científico atual sobre os cenários de mudanças climáticas e sobre seus possíveis impactos sobre a sociedade, a economia e o meio ambiente em todos os continentes. As regiões semi-áridas, entre as quais o Nordeste brasileiro, estão entre as mais afetadas, com desertificação em algumas áreas. No Brasil, algumas regiões ficarão mais úmidas e outras mais secas. O IV Relatório é composto por quatro volumes sobre a base científica; impactos, adaptação e vulnerabilidade; mitigação de mudanças climáticas; e relatório síntese. Participaram de sua elaboração 1.300 cientistas ligados universidades, centros de pesquisa, associações empresariais e ambientais de todo o mundo.

 

Outras informações:

Relatórios completos IPCC: http://www.ipcc.ch

Programa FAPESP de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais: www.fapesp.br/mcg