Notícia

Fatonews

Microrganismos de painéis solares podem gerar produtos biotecnológicos

Publicado em 04 novembro 2021

Imagine alguém capaz de aguentar mudanças bruscas de temperatura, pouca água e horas e horas de sol. Esse alguém existe, ou melhor, "alguéns": são os extremófilos, microrganismos capazes de continuarem vivos em condições extremas em que poucas espécies sobreviveriam. Pesquisadores brasileiros encontraram organismos desse tipo vivendo em painéis solares — e agora estão pesquisando aplicações práticas com eles que podem revolucionar a biotecnologia.

A pesquisa foi realizada no interior de São Paulo, no Laboratório de Microbiologia Aplicada da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), em um projeto apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Os resultados animadores acabam de ser divulgados em um comunicado da instituição à imprensa. O estudo foi publicado com destaque na revista científica Microbiology Letters.

As amostras analisadas no estudo, coletadas em Sorocaba e em Itatiba, revelaram microrganismos muito parecidos com os encontrados em painéis solares de Valência, na Espanha, Berkeley, nos Estados Unidos, no Ártico e na Antártica, apesar da distância geográfica e das diferenças climáticas entre os locais.

A análise foi feita por meio de sequenciamento genético parcial: o gene observado foi o 16S rRNA. Mais de 90% da diversidade encontrada no estudo era de dois microrganismos: Methylobacterium-methylorubrum e Hymenobacter.

Cultura de bactérias e leveduras realizada no estudoFonte:  FAPESP/UFSCar 

Em comum, essas leveduras e bactérias têm a capacidade de sobreviver com sol de rachar e pouquíssima água, já que os painéis solares, além de totalmente expostos às condições climáticas, são inclinados, para não acumular água. E essa capacidade de adaptação que pode ser útil para nós também: essas bactérias podem criar biofilmes resistentes à radiação solar e as leveduras possuem características tensoativas, que ajudam a misturar água em componentes insolúveis.

Enquanto as bactérias podem ajudar na criação de pigmentos para as indústrias de alimentos, química, têxtil, farmacêutica e cosméticos como filtros solares, as leveduras podem ajudar na criação de produtos de limpeza para painéis solares – em um momento em que a demanda por energia limpa é cada vez maior.

A limpeza apropriada dos painéis solares, além da promovida por chuvas e lavagens ocasionais, é importante porque esses painéis, com o tempo de uso, acumulam poeira. Essa poeira, por sua vez, acaba se tornando um problema, porque diminui o potencial de captação de energia das placas.

Segundo dados divulgados pela Agência FAPESP, estudos realizados no Brasil mostraram que a poeira acumulada nos painéis, nas condições climáticas daqui pode reduzir a captação de energia em 11% após 18 meses da instalação. Já nas condições climáticas de desertos, essa redução na capacidade de absorção de energia pode chegar a 39% — passando de 50% na ocorrência de eventos extremos, como tempestades de areia.

Já as moléculas encontradas nas leveduras podem ser empregadas como antimicrobianos, antitumorais e em biorremediação — que é o uso de processos biológicos para degradar, transformar ou remover contaminantes de um ambiente.

Iolanda Duarte, professora do Departamento de Biologia do Centro de Ciências Humanas e Biológicas (CCHB) da UFSCar e coordenadora da pesquisa, salientou, à Agência FAPESP, que o estudo é fundamental para o desenvolvimento de novas estratégias de gerenciamento de painéis solares e para remoção de biofilmes, que é um problema de difícil resolução em muitas atividades econômicas.

ARTIGO Microbiology Letters: doi.org/10.1093/femsle/fnab105.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Folha da Região (Araçatuba, SP) G1 Acesso Wi-Fi.com Tecmundo Mundo e Meio InforBahia Portal CanaMix Canal da Cana Blog Jornal da Mulher Portal O Guardião Bom dia Paraiba Beto Ribeiro Repórter Giro Goiás BSB Digital Bomba Bomba TV Caparaó MaisAM Ceará Máquinas Hora PR N5 Notícias Associação Paulista de Jornais Saense Investe São Paulo Portal do Governo do Estado de São Paulo Mix Vale Agência de Notícias – Defesa Zatum Folha do Meio Ambiente DF Agora Portal de Notícias Virou Manchete Jornal A Voz do Povo online (Uberlândia, MG) Jeremoabo.com.br O Repórter Regional online Oeste Ao Vivo TV Interbam Alagoas Agora online Portal Altônia Oeste 360 Alvo Notícias Novo Cantu Notícias Conexão Na Cidade Informativo Astral Penha News Relato News Mix Vale Diário em Foco Antenados Mirante da Bocaina Folha da Minha Sampa Revista Interativa Campo Belo em Foco Giro Notícias Goiás Play Crazy Game Agora ES online Portal O Sertão Roraima na Rede Garça em Foco Revista Ecológico online LabNetwork ABCD Real Sou Ecológico UDOP - União dos Produtores de Bioenergia TN Petróleo online Senge - Sindicato dos Engenheiros no estado de Santa Catarina FNE - Federação Nacional dos Engenheiros O Grande ABC Agora TS Jornal Tabloide online (Cotia, SP) Pauta Brasil CV Agora Revista Analytica online EarnGurus Garanhuns Notícias Panorâmica News FEDAP - Fundação de Estudos para o Desenvolvimento da Administração Pública Ata News Jornal da Ciência online Quimiweb Cotia 24 horas Revista H&C - Household & Cosméticos online São Miguel Agora Minuto Cidade Transmitindo São Carlos em Rede UFSCar Campus Araras eCycle