Notícia

Estadão.com

Micose que provoca morte de gatos cresce 400% em um ano no Rio

Publicado em 13 março 2017

SÃO PAULO - O número de gatos atingidos pela esporotricose cresceu 400% no Rio em 2016, de acordo com a Vigilância Sanitária. Além dos felinos, humanos e cães também podem desenvolver a doença, causada por fungos da varieda Sporothrix, sendo o Sporothrix brasiliensis o mais comum no Brasil. Ao todo, a cidade teve 13.536 casos notificados em gatos e 580 em humanos somente no ano passado. Raramente grave em humanos, a esporotricose pode gerar lesões severas nos gatos, especialmente na cabeça, atacando progressimente a pele, os [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.