Notícia

Correio Braziliense

Micose que mata terá prevenção

Publicado em 11 março 2000

Pesquisadores brasileiros conseguiram identificar uma proteína que promete ser a base para uma vacina eficaz, com efeitos preventivos e terapêuticos, contra a mais mortal de todas as micoses sistêmicas, a paracoccidioidomicose (PCM). Apesar do nome estranho, a PCM é comum na América Latina, sobretudo no Brasil, onde apresenta níveis de mortalidade comparáveis aos das grandes endemias nacionais, como tuberculose, malária, sífilis, hanseníase e mal de Chagas.

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.