Notícia

Agrolink

Mestrado em Biotecnologia e Monitoramento Ambiental da UFSCar começa em março

Publicado em 20 janeiro 2012

Agência FAPESP - O novo curso de mestrado em Biotecnologia e Monitoramento Ambiental da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) inicia suas atividades em março, no campus de Sorocaba. A matrícula dos candidatos aprovados para a primeira turma deverá ser feita no mês que vem.

Aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) em agosto do ano passado, o programa de pós-graduação tem como objetivo atender à crescente demanda por recursos humanos especializados nas áreas de biotecnologia, monitoramento ambiental e desenvolvimento de tecnologias voltadas a sustentabilidade.

O mestrado conta com um quadro de docentes de diversas especialidades, como química ambiental, física, biofísica, bioquímica, biologia molecular e celular, microbiologia, genética molecular e fisiologia animal. Envolve ainda parcerias nacionais e internacionais com institutos de pesquisa, universidades e empresas.

Os grupos de pesquisa desenvolvem investigações sobre o monitoramento do meio ambiente por meio de análises químicas, ecotoxicológicas, microbiológicas e genéticas, usando indicadores químicos e biológicos. Trabalham também a engenharia de biomoléculas marcadoras, especialmente enzimas, para o desenvolvimento de novas tecnologias de detecção biológica e ambiental.

Existem outros 23 cursos de biotecnologia no Brasil, mas o novo programa da UFSCar é o primeiro voltado especificamente ao monitoramento ambiental.

Mais informações: www.ppgbma.ufscar.br/.