Notícia

Estadão.com

Mercosul, UE e a pesquisa científica

Publicado em 15 julho 2019

Por José Goldemberg*, O Estado de S.Paulo
Para competir, indústria local vai ter de procurar melhores tecnologias e métodos de produção   Uma das consequências importantes do acordo firmado pelo Mercosul com a União Europeia (UE) será a de elevar a pesquisa científica e tecnológica do Brasil a um novo patamar. O acordo estabelece que dentro de dez a 15 anos as tarifas de importação de produtos que o Brasil importa da União Europeia, como máquinas, vinhos e cosméticos, serão [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
O Estado de S. Paulo Vip Ceo Fenabrave Brasil Soberano e Livre