Notícia

Abradilan - Associação Brasileira dos Distribuidores de Laboratórios Nacionais

Mercado aberto: Injeção no laboratório

Publicado em 24 junho 2014

Por Maria Cristina Farias, Folha de S.Paulo

A farmacêutica GSK assina nesta terça-feira (24) um contrato de parceria com a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) para criar um novo centro de pesquisas.

 

O acordo determina que sejam aportados R$ 34 milhões no desenvolvimento de remédios para doenças respiratórias e metabólicas, entre outras.

 

"A ciência não é algo que possa ser industrializado. Costumamos apostar mais no desenvolvimento de fármacos, não tanto na pesquisa. Por isso, buscamos a Fapesp", diz Cesar Rengifo, presidente da GSK no Brasil.

 

De acordo com o executivo, o controle dos preços de medicamentos no país por parte do governo cria algumas dificuldades para o setor, mas não está inviabilizando investimentos.

 

"Para a companhia, o Brasil é o principal mercado emergente. Então, focamos no longo prazo. Os investimentos não estão atrelados aos preços [dos remédios]."