Notícia

O Estado (CE)

Mercadante nomeia presidentes do CNPq e Finep

Publicado em 18 janeiro 2011

O acadêmico, Glaucius Oliva, pesquisador e ex-diretor do Instituto de Física da Universidade de São Paulo em São Carlos (IFSC-USP) acaba de ser nomeado pelo novo ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, para ocupar a presidência do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Engenheiro eletricista eletrônico na Universidade de São Paulo (USP), mestre em Física na área de cristalografia e doutor pela University of London (Inglaterra), Oliva é docente da Universidade de São Paulo desde 1981 e coordenador do Instituto Nacional de C&T de Biotecnologia Estrutural e Química Medicinal em Doenças Infecciosas do Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT), Ministério da Saúde e Fapesp (INBEQMeDI/INCT). Os grupos de pesquisa do IFSC-USP nos quais atua são reconhecidos nacional e internacionalmente na área de cristalografia, Química Medicinal e Planejamento de Fármacos.

Para assumir a presidência da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em substituição ao cientista político Luís Fernandes, quem assume é o sociólogo paulista Glauco Arbix. Ele é ex-presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), professor da Universidade de São Paulo (USP) e integrante do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia.

Sobre a Finep

A Finep é uma empresa pública, ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia, que financia e fomenta projetos de inovação no setor empresarial. Ao assumir o ministério, Mercadante disse que estuda transformar a Finep em uma espécie do banco para financiar a pesquisa científica e a inovação no País, semelhante ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).