Notícia

Região em Destake

Melhorias na Gestão Empresarial

Publicado em 24 maio 2019

Por Comunicação ACISC

Na edição da Pesquisa FAPESP de abril de 2029, há duas matérias sobre inovação e o ambiente de inovação. O primeiro artigo apresenta o caso de Lausanne na Suíça e empresas da Ciência da Vida que atraem investidores. No segundo artigo, há um depoimento sobre o ambiente de inovação Israelense. Em ambas as matérias, planos de trabalho e o planejamento com o envolvimento de vários agentes são analisados. Esse ambiente é caracterizado por ecossistemas.

Por definição, ecossistema é um termo da Biologia aplicado ao contexto de empresas de tecnologia. Consistem em comunidades que interagem, tanto entre si quanto com o meio em que vivem, e criam as condições de sobrevivência autossuficiente.

Aplicado aos negócios, o termo também procura valorizar comunidades de empreendedores, pesquisadores, do Poder Público que venham a colaborar para a formação de ambientes propícios ao desenvolvimento de ideias, execução de projetos e o atendimento recíproco as necessidades dos atores envolvidos.

Seria muito difícil atribuir, no entanto, aos negócios a condição de autossuficiência. Negócios são dinâmicos que exigem trocas, mudanças e adaptações rumo a uma meta. Logo, os participantes envolvidos em um desafio não necessariamente permanecerão juntos provendo reciprocamente suas necessidades em etapas futuras.

Na lógica de negócios, o termo Ecossistema pode ser aplicado à área de gestão empresarial, ou seja, a reunião de pessoas de uma mesma organização para tratar de desafios de curto, médio e longo prazo. Isso deve ser feito com agenda e periodicidade definidas entre os participantes. Também deve existir uma ata para registrar as principais decisões tomadas e depois para acompanhar os resultados alcançados. A formação de um ecossistema gerencial cria boas possibilidades para a empresa e para sua própria produtividade!

Além disso, a prática de formação de um ambiente mais favorável para gestão coloca vários planos de trabalho em sintonia através da coordenação de um responsável de acordo com sua posição dentro de uma empresa. A posição dentro da empresa pode ser devido a condição de proprietário de uma empresa ou pelo cargo que alguém ocupa.

O importante é formar esse ambiente que proporciona aprendizado, decisões coordenadas e esclarecimentos, inclusive de rotinas que requerem alguma atenção especial.

(

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
FACESP - Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo