Notícia

Cremesp - Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo

Médicos e jornalistas debatem divulgação da Saúde

Publicado em 25 julho 2013

"Informação é um direito inalienável e todos devem recebê-la universalmente, sem que se tente limitá-la por interesses diversos", afirmou Douglas Natera, vice-presidente para região Andina da Confederação Médica Latino-americana e do Caribe (Confemel), durante o VIII Seminário Médico-Mídia e I Seminário Médico-Mídia Latino-americano, realizado nos dias 27  e 28 de junho. Natera se referiu principalmente ao anúncio do governo federal brasileiro de trazer médicos cubanos para atuar no Brasil sem revalidação do diploma. Ele relatou a experiência da Venezuela com esses profissionais, que sequer tinham um título de médico e acabaram expulsos do país.

O evento, promovido pela Federação Nacional dos Médicos (Fenam), com o apoio do Conselho Federal de Medicina (CFM), foi realizado na subsede do Cremesp, na Vila Mariana.

Natera participou de uma mesa redonda sobre como o médico é visto pela imprensa e sociedade, com Cassia Godoy, coordenadora de redação da Rádio Band News; Fa­biane Leite, produtora sênior do programa Bem Estar, da Rede Globo; e Walter Guimarães, especialista em Jornalismo e Sociedade da Universidade de Brasília (UnB), mediado por Waldir Cardoso, diretor de Comunicação da Fenam.

Importância da comunicação

Na abertura do evento, Roberto d"Avila, presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM); Geraldo Ferreira Filho, presidente da Federação Nacional dos Médicos (Fenam); e Anibal Cruz, vice-presidente da Confemel para a Região Andina, enfati­zaram o papel das assessorias de comunicação das entidades médicas e a amplitude do evento, que neste ano, pela primeira vez, passou a abranger a região latino-americana.

A jornalista Mariluce Moura, presidente da Associação Brasileira de Jornalismo Científico e diretora da revista Pesquisa Fapesp, fez uma conferência de abertura com o tema O papel da imprensa na divulgação de assuntos médicos e de interesse de saúde pública e a importância da interação entre as duas áreas. Ela destacou os desafios da comunicação na era das mídias sociais, que influenciaram as manifestações populares recentes no Brasil.

Gerenciamento de crises na Saúde

O gerenciamento de crises foi alvo da palestra de Alexis Castilho Gutie­rréz, presidente da Confederação Médica Lati­no­americana e do Caribe, que falou sobre um episódio ocorrido em seu país, a  Costa Rica, quando os médicos se tornaram protagonistas  de uma crise política do sistema público de saúde. Ele relatou que as entidades médicas do país empreenderam esforços para demonstrar, com o auxílio da mídia, que  os médicos trabalhavam em benefício da saúde da população e não eram responsáveis pela crise na saúde.

Outros destaques foram as palestras sobre Comunicação no Século XXI, com enfoque  em  mídias sociais. Edney Souza, organizador da Social Media Week São Paulo e professor de Redes Sociais na Faculdade Getúlio Vargas, apresentou um painel com dados sobre a população brasileira e mundial que acessa internet e redes sociais. Walder Júnior, instrutor e especialista em planejamento de mídias sociais da Federação Na­cional dos Médicos (Fenam), falou sobre as estratégias de marcas que aproveitam as redes sociais.

No último painel do encontro, o médico especialista em tecnologia da informação em saúde, Leonardo Diamante, apresentou dados sobre a transformação na relação médico-paciente, ocorrida a partir dos conteúdos de saúde disponíveis na internet.

Eventos

PEMCs

03/07  Atestado médico, tuberculose e asma infantil;

06/07  Emergência em Pediatria, na APM de Piracicaba;

10/07  Atestado médico e prontuário, em Votuporanga;

10/07  Momento Ético e Hepatite, Epidemiologia, Diagnósticos e Tratamento, no Centro Cultural de Miguelópolis;

11/07  Antibioticoterapia, na Santa Casa de Guaíra;

12/07  Aspectos éticos legais na contratação médicos estrangeiros, na sede;

15/07  Dor precordial, na APM de Fernandópolis;

15/07  Antibiotiocoterapia, na APM de Bebedouro;

17/07  Responsabilidade Civil do Anestesiologista e Resolução CFM nº 1802/06, na Unimed Catanduva;

18/07  Publicidade Médica, na APM de Assis;

18/07  Antibioticoterapia, na Santa Casa de Olímpia;

22/07  Prontuário Médico, em Barretos;

24/07  Prontuário Médico, na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto;

25/07  Antibioticoterapia, em Colina.

Outros eventos dos quais o Cremesp participou:

03 a 07/07  XXX Simpósio das Unimeds do Estado de São Paulo (Suesp), no Guarujá/SP;

04/07  I Fórum de Medicina Legal e Perícias Médicas do CFM, na sede do CFM;

10/07  31ª Reunião entre a diretoria do CFM com os presidentes dos CRMs, na sede do CFM;

10/07  Reunião de delegados, na Delegacia Metropolitana de Vila Mariana;

11/07  Palestra Medicar sem medicalizar, durante o Simpósio Ciência, Ideologia e Medicalização dos Diferentes Modos de Viver - III Seminário Internacional: A Educação Medicalizada, na Unip - Campus Paraíso;

11/07  Solenidade de Posse de Domingo Marcolino Braile na cadeira número 48, da Academia de Medicina de São Paulo, na Sociedade de Medicina e Cirurgia de São José do Rio Preto;

13/07  Curso de capacitação de Comissão de Ética Médica, na Unimed de Botucatu;

13/07  Palestra sobre Ética Profissional: Responsabilidade e Deveres na Intervenção Multidisciplinar, no Centro de Treinamento do Botafogo Futebol Clube, em Ribeirão Preto/SP;

23/07  Reunião da Comissão de Direito Médico, na Sede do CFM.