Notícia

IG

Mayana Zatz ganha Prêmio Faz Diferença

Publicado em 20 março 2006

Agência FAPESP
A pesquisadora Mayana Zatz, pró-reitora de Pesquisa da Universidade de São Paulo (USP), receberá, na terça-feira (21/3), o Prêmio Faz Diferença, na categoria Ciência e Vida, concedido pelo jornal O Globo.
O prêmio, em sua terceira edição, é uma homenagem àqueles que se destacaram e contribuíram para o desenvolvimento social brasileiro durante 2005.
Mayana Zatz é professora titular de genética humana do Instituto de Biociências (IB) e coordenadora do Centro de Estudos do Genoma Humano, um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids) da FAPESP. No centro, coordena um grupo de pesquisas em células-tronco e biologia molecular de genes humanos com enfoque em doenças neuromusculares.
É presidente-fundadora da Associação Brasileira de Distrofia Muscular e responsável por um serviço de aconselhamento genético na USP, que já atendeu mais de 21 mil pessoas de famílias afetadas por doenças neuromusculares e que tem contribuído para diagnosticar e prevenir o nascimento de novos afetados por doenças graves e irreversíveis.
A escolha dos premiados foi feita por jornalistas de várias editorias de O Globo, que indicaram três personalidades de destaque. Os indicados em cada categoria foram submetidos a um júri composto por três profissionais do veículo, pelos vencedores do ano passado e pela consulta popular realizada pelo site do jornal no mês de dezembro.
A solenidade de premiação será realizada às 20h, no hotel Copacabana Palace (Avenida Atlântica, 1.702), no Rio de Janeiro.