Notícia

Planeta Universitário

Mauá debate a origem do Universo em evento dedicado à Astronomia

Publicado em 16 outubro 2009

Qual a origem do Universo? Estamos sós no universo ou existe vida em outros planetas? Há séculos essas perguntas povoam a cabeça de milhares de pessoas em todo o mundo. Com a participação mais efetiva do Brasil em pesquisas que buscam a descoberta de novos planetas, o tema ganha cada vez mais adeptos no País. Com o objetivo de contribuir para ampliar o debate, o Instituto Mauá de Tecnologia realiza, amanhã, dia 17 de outubro, no campus em São Caetano do Sul, um evento totalmente dedicado a Astronomia, aberto ao público.

Com a presença de algumas autoridades da área no País, o Dia da Astronomia contará com uma série de palestras que abordarão desde a origem do Universo aos mais recentes estudos científicos sobre a existência de vida fora da Terra.

Na coordenação do evento, o professor-doutor Vanderlei Cunha Parro, representante brasileiro no Projeto CoRot - missão astronômica e astrofísica que visa a descoberta de novos planetas extrasolares a partir da detecção de trânsitos planetários. O projeto envolve vários países da Europa e o Brasil é o único País não europeu a integrar a missão. O CoRot é tema da segunda palestra do dia, Exoplanetas: uma nova e interessante realidade em termos da existência de vida fora da Terra, que terá como palestrante o cientista Eduardo Janot Pacheco, professor da Universidade de São Paulo (USP), mestre e doutor em Astronomia, especialista em exoplanetas, com experiência na área de Astronomia com ênfase em Astrofísica Estelar, e que preside o Comitê CoRoT Brazil e a Sociedade Astronômica Brasileira.

A palestra Os satélites científicos CoRoT e PLATO, apresentada por Fábio de Oliveira Fialho, doutor em Astrofísica e Instrumentação, considerado um dos especialistas em correção instrumental do mundo, também abordará a missão franco-européia com participação brasileira, destacando os objetivos científicos e o conceito instrumental do fotômetro usado na detecção de diversos planetas, inclusive um rochoso do tipo super-Terra e estrelas com características sísmicas do mesmo tipo das do nosso Sol. O palestrante falará ainda sobre o PLATO (PLAnetary Transits and Oscillations of stars), próxima geração de missões de trânsitos planetários, com lançamento previsto para 2017.

O Big Bang

A primeira palestra do evento caberá ao físico, mestre e doutor em Astronomia pela USP e pesquisador do INPE, Oswaldo Duarte Miranda, ex-professor da Mauá. A palestra versará sobre questões milenares que intrigam o homem que busca entender o Universo como, por exemplo, qual seria o fim deste Universo? Embora as perguntas sejam antigas, as respostas são recentes e só foram obtidas a partir dos avanços atingidos pela Física no último século. As principais idéias da Cosmologia, o modelo do Big Bang e a curiosa fase que o Universo está atravessando, compõem a apresentação O Universo: do Big Bang à misteriosa Energia Escura.

A palestra de Thyrso Villela Neto abordará especificamente as realizações e desafios do Programa Espacial Brasileiro. A apresentação será centrada nas realizações e desafios que a Agência Espacial Brasileira enfrenta para dotar o Brasil de um programa espacial completo. O palestrante é pesquisador-bolsista do CNPq, mestre e doutor em Astronomia pela USP, pesquisador Titular do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e atua principalmente com Radiação Cósmica de Fundo em Micro-ondas e Cosmologia. O palestrante tem presença destacada na condução do programa espacial brasileiro.

O Dia da Astronomia na Mauá será encerrado com a palestra Partindo em busca de vida fora da Terra, com a pesquisadora Cláudia Lage, do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Doutora em Ciências, consultora ad hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), Cláudia Lage lidera o Grupo de Pesquisa do CNPq AstroBio-Brazil, criado para a coordenação de projetos científicos para busca de sinais biológicos fora da Terra, na área denominada Astrobiologia. Em sua apresentação serão abordados estudos científicos recentes que levaram os cientistas a considerar a Terra como um sistema aberto às influências do meio astrofísico em sua evolução, e, em especial no desenvolvimento da vida, aspectos estudados pela Astrobiologia, que visa entender a origem da vida na Terra e pesquisar a existência de vida extraterrestre.

O programa do evento:

9h00 - Abertura - Dr. Vanderlei Cunha Parro

9h15 - Palestra 01 - O Universo: do Big Bang à misteriosa Energia Escura

10h15 - Palestra 02 - Exoplanetas: uma nova e interessante realidade em termos da existência de vida fora da Terra

11h00 - Palestra 03 - Programa Espacial Brasileiro: realizações e desafios

13h15 - Palestra 04 - Os satélites científicos CoRoT e PLATO

14h15 - Palestra 05 - Partindo em busca de vida fora da Terra

Serviço - Dia da Astronomia

Dia: 17 de outubro

Horário: 9 h

Local: Auditório H201, Instituto Mauá de Tecnologia, Praça Mauá, nº 1, São Caetano do Sul

Outras informações e inscrições no site www.maua.br

Instituto Mauá de Tecnologia