Notícia

Portal da Comunicação

Marli Olmos, do Valor Econômico, vence o II Prêmio SAE Brasil de Jornalismo

Publicado em 27 março 2007

Com a reportagem 'A arte de desmontar os carros concorrentes', a jornalista Marli Olmos, do Valor Econômico, conquistou o prêmio de melhor matéria inscrita no II Prêmio SAE BRASIL de Jornalismo. A cerimônia de entrega foi realizada na noite de ontem (26), no escritório central da SAE Brasil, em São Paulo, e contou com a presença de diversos profissionais de imprensa, diretores e gerentes da associação, além de representantes da indústria da mobilidade.
O corpo de jurados do Prêmio, formado pelos jornalistas Fernando Calmon, editor da coluna Alta Roda, e Cláudio Carsughi, comentarista esportivo, e também pelo diretor financeiro da SAE BRASIL, Gábor János Deák, escolheu ainda para o segundo lugar a reportagem "Reforma Energética", escrita pelo jornalista Marcos de Oliveira, da revista Pesquisa Fapesp, e, em terceiro lugar, a reportagem feita pela jornalista Ana Cecília Mesquita, do jornal O Povo, de Fortaleza (CE), intitulada 'Santos Dumont - Para ele não havia o impossível'.
"Fico muito feliz e também é para mim uma surpresa saber que tantos outros colegas de veículos também importantes e até com mais tempo para elaborar matérias, como as revistas, o Prêmio ser dirigido a um jornal diário, em que o fator tempo é bem complicado", afirmou Marli Olmos, ao receber troféu e o prêmio de R$ 4 mil, além de uma viagem de quatro dias com passagem aérea, hospedagem e ingressos para o SAE World Congress, que acontece em abril, em Detroit (EUA).
Na segunda edição, o Prêmio SAE Brasil de Jornalismo ficou mais concorrido, com um aumento de mais de 52% no número de matérias inscritas. Ao todo, 99 reportagens escritas por 69 jornalistas concorreram ao prêmio. A primeira edição recebeu 65 matérias, elaboradas por 39 profissionais. O regulamento sobre a terceira edição do Prêmio será divulgado ainda neste semestre.